Nunca escondi minha fascinação por Streets of Rage, não tanto pelas suas mecânicas, mas pela forma como o jogo incorporou tendências culturais de sua época, principalmente no quesito musical.

Buscando referências na emergente cena clubber do começo dos anos 90, Yuzo Koshiro compôs a primeira trilha sonora para videogame baseada em house, techno, electro e suas variantes, que faziam as pistas de dança das grandes metrópoles pulsarem. De Chicago — mais especificamente, da The Warehouse, ou apenas “house”, aonde surgiu a vertente de mesmo nome pelo seu então DJ residente Frankie Knuckles — para o mundo, o house foi impulsionado em parte por Streets of Rage, introduzindo uma geração inteira de apaixonados por jogos a suas batidas dançantes e melodias.

Veja também:
Streets of Rage: A queda do muro que separava os jogos e o mundo

Partindo da marcante Go Straight, de Streets of Rage 2, claramente influenciada pelas músicas que abrem e fecham essa mixtape, clássicos da acid house, busquei as músicas que melhor representariam o jogo na atualidade dentro do (acid) house e do techno. O resultado foi uma playlist pronta para fazer qualquer pista bombar.

  • André Luz

    kcta ta bem maneira essa mixloadr, to aqui no escritorio dançando na cadeira huaehuah

  • Cesar Vital Crivelaro

    PQP, esse Mixloadr ficou MUITO BOM!

  • Jonathan Brian Dos Santos

    Parabéns pelo Mixloadr, o melhor até agora!