Com músicas, batalhas, comida e cosplayers, Zelda Day 2014 reuniu fãs em São Paulo

Dica de navegação: Para ver as imagens acima em tamanho completo basta clicar nelas. Você também pode navegar pela galeria usando as setas do teclado.

Aconteceu no último domingo (28), em São Paulo, a mais recente edição do Zelda Day, um evento organizado por fãs de The Legend of Zelda, que se reúnem para ver pessoas vestidas de personagens da franquia, ouvir músicas dos jogos sendo tocadas ao vivo, participar de sorteios e socializar com indivíduos de gosto similar. A impressão andando por lá foi a de que o Zelda Day SP cresceu em relação ao ano passado. Além de mais pessoas espalhadas pelo local, em torno da estátua do Cão Pastor Alemão no Parque do Ibirapuera, era visível o aumento de lojinhas improvisadas, montadas pelo gramado, que vendiam artigos inspirados nos títulos, como ocarinas, pingentes, doces, velas e bottons.

Apesar de possuir um grupo por trás de sua realização, o Zelda Day é feito sem nenhum apoio financeiro de alguma empresa. Por conta disso, a maior parte dos prêmios entregues ao final do dia, em um sorteio, são comprados pelos próprios organizadores, que desejam ver a data crescer e, quem sabe, chamar a atenção da própria Nintendo. As únicas exceções disso são itens doados por alguns daqueles que foram lá para venderem artigos baseados no universo de Zelda e alguns jogos de Wii, 3DS e Wii U, cedidos pela Gaming do Brasil.

Logo no início da tarde, um grande grupo se reuniu na área central do gramado e tocou, com violinos, violões, ocarinas, castanholas e outros mais músicas de vários jogos de The Legend of Zelda. O mais interessante é que novas pessoas chegavam carregando seus instrumentos, prontamente se unindo à roda. O resultado foi uma espécie de jam session, focada nas inúmeras canções que nos acompanharam por diversas aventuras em Hyrule. Um pouco mais ao longe, um outro grupo se enfrentava em disputas de Batalha Campal, culminando em um confronto entre um Link e um Dark Link.

O público no entorno fazia torcida e brincava junto, em certo momento replicando o som de apitos característicos de quando Link está próximo da morte, quando o cosplayer vestido como o herói foi atingido pelo Dark Link. Em meio a tudo isso, esse pedaço do parque era um local rico para os interessados em fazer street passes. Muitos dos presentes tinham um 3DS, o que levou também a algumas partidas da demo de Smash Bros. pelo gramado.

O Zelda day foi um evento bastante agradável e muito acolhedor para os que estavam presentes. Espero que ele só venha a crescer e chame cada vez mais a atenção daqueles que são fãs da franquia.

  • Bruno Izidro

    Pela primeira vez iria ter um Zelda Day também aqui em Manaus. Infelizmente, por alguns problemas de organização e conflito com o espaço onde iria ser realizado, nada aconteceu 🙁

    Pena.

    E se o Zelda Day começar a ter apoio sério, pode rapidinho se tornar evento grande e mais legal do que já parece ser.

  • OB

    muito legal a cobertura de vocês, espero que role outras coberturas 🙂

  • Domingos Junior

    Dando prosseguimento a cobertura do ano passado.

    Fico feliz de saber que está crescendo, realmente torço para que se torne algo grande.

    E continue com essas coberturas de eventos e coisas relacionadas a cultura gamer =D

    p.s. Ano passado não foi o Henrique que fez a cobertura?

    • Heitor De Paola

      Ano passado eu e Henrique estávamos lá e fizemos. Esse ano ele não pôde ir, então fui sozinho.

      • Domingos Junior

        Blz, sabia que o nome do Henrique não era so loucura minha 😛

  • Luk

    É o panchieri do uol ali no violino? XD

    • OB

      sua batata ta assando

  • jprbessa

    Essa cacofonia me soa horrenda. O mano da ocarina deu uma desafinada pela empolgação que foi épico.

    O evento parece ser interessante, mas ou já foi maior ou só pegaram uma pequena parte.

    Queria muito um Metroidvania Day. Iria todo trabalhado no dourado representando a versão bolota da armadura da Samus. Seria algo muito ao meu biotipo do que sair de roupa justa verde, peruca loira e ocarina. Apesar de estar enferrujado devo conseguir tocar algo ainda.

    Quero deixar também expresso o desejo de uma festa celta com músicas do Ocarina of Time. Acho que seria apropriado.

  • taiguerobocop

    Esse gordinho esta de Zelda? ta parecendo o Praga do show da Xuxa hahahaha!! só o se que salva ai é essa ruivinha delicia tetéia !

    • André Rossi

      Sempre tem um babaca pra comentar algo assim… ¬¬

      • taiguerobocop

        tu é de Sampa? ser for ,passa aqui (estacao Corinthians Itaquera) amanha as 8 da noite e vem dar um tapa aqui na cara do babaca, to esperando hein! nerdao Cusão!! e tras o seu escudinho do zelda tbm p tentar “parar bala no peito”.

      • taiguerobocop

        Fugiu seu bosta! um dia apanha e nao sabe o pq… fica esperto maluco!

    • Fala taiguerobocop,

      Você acaba de perder o seu direito de comentar no Overloadr. Não toleramos babaquice.

      Fortes abraços.

  • Henrique Alves

    pow muito bom!!!!

  • Power Otaku-Kun

    Me lembra aqueles encontros Hippies, mas é maneiro. Pena que na minha cidade algo assim nunca vai acontecer =X

  • Radoc Lobo

    É possível fazer uma agenda de eventos para a gente ficar sabendo antes deles acontecerem?
    Uma coisa que sempre achei ruim em acompanhar noticias de midia é que são rarissimos os casos que um evento é noticiado antes de acontecer

    • Heitor De Paola

      Seria algo interessante de implementar futuramente no site. Mas também tenho um mea culpa, por ter me esquecido de mencionar no pocast que foi ao ar antes do evento. Minha ideia era só avisar que ele iria rolar, mas acabei me esquecendo. Desculpe.

  • Gostaria de ter ido, pelas fotos parece ter sido muito divertido!
    Also, parabéns pela cobertura! 🙂

  • Alexandre Soares

    Ano passado eu nem sabia que o evento existia, mas esse ano eu perdi de tonto mesmo…

  • Pingback: Resumo da Semana: os principais acontecimentos de 29 de setembro a 3 de outubro()