Odallus: The Dark Call é um trabalho do estúdio brasileiro Joymasher, também responsável por Oniken.

Apesar do visual ainda se inspirar fortemente na era 8-bit dos videogames, Odallus tem mecânicas mais complexas e interessantes do que se costumava ver na época, bebendo de ideias vistas em Metroid e Mega Man X. As fases são um pouco abertas, guardando caminhos alternativos e segredos. Além disso, o protagonista ganha novas capacidades de travessia ao encontrar relíquias, como uma bota que confere a ele um pulo duplo, espalhadas pelos cenários, passando então a poder alcançar novos lugares.

Na história, Haggis é um guerreiro cansado do combate e das incontáveis guerras das quais participou, buscando agora um pouco de tranquilidade em uma vila, local em que cuida do seu filho. Tudo isso muda quando o local é atacado e seu filho raptado. Ao tentar resgatá-lo, Haggis descobre que demônios estão assolando a região, além de figuras sinistras que guardam consigo um pedaço da pedra chamada Odallus.

Odallus: The Dark Call foi financiado pela Joymasher através de uma campanha de crowdfunding, feita pelo Indiegogo.

Assista ao Shuffle de Odallus

Leia mais sobre Odallus: The Dark Call:

– As dores e alegrias da carreira indie no Brasil, por cinco desenvolvedores

– Após dois anos de desenvolvimento, Odallus chega no dia 15 de julho

Odallus: The Dark Call
Produtora: Joymasher
Distribuidora: Joymasher
Plataformas:
Lançamento: 15/07/2015
Gênero:
Tema:
Formato: Digital
Idiomas: Inglês e português