Spacebase DF-9, um jogo da Double Fine, se encontra atualmente em Early Access do Steam, mas em breve isso deixará de ser. A versão 1.0 do título estará disponível na plataforma de distribuição de digital no mês que vem, porém, infelizmente, não porque a Double Fine implementou nele todas as ideias e mecânicas que tinha em mente para o projeto.

Na época de seu anúncio, o estúdio apresentou ideias um tanto audaciosas para o seu simulador de base espacial, publicando no site oficial uma enorme lista de desejos e mecânicas que esperava adicionar progressivamente. Tratava-se de um plano de longa data, um que seria implementado aos poucos, algo condizente com o que o Early Access permite.

No entanto esses planos não mais sairão do campo das ideias. Devido ao baixo interesse do público pelo jogo – e, consequentemente, pouco dinheiro retornando ao estúdio por Spacebase DF-9 não ter sido adquirido por muitos em seu formato antecipado – a Double Fine se viu obrigada a tomar a decisão de encerrar seu desenvolvimento, desistindo das mecânicas que implementaria futuramente e fazendo o necessário para transformar o título em sua versão 1.0. Basicamente, segundo os diário de desenvolvimento do site oficial de DF-9, um tutorial e objetivos serão adicionados ao simulador, transformando o jogo em algo que possa ser vendido como completo no Steam.

Compreensivelmente, os mais aficionados pela produção da Double Fine não se viram muito contentes com a decisão, especialmente pelo fato de que a versão final do simulador espacial não terá todas as funcionalidades que haviam sido prometidas. Em resposta, Tim Schafer foi aos fóruns do estúdio sanar as questões maiores e reconhecendo erros que ele e sua equipe cometerem, como não terem sido mais transparentes de antemão sobre o que estava ocorrendo com DF-9. Enquanto para alguns isso foi o suficiente, outros continuam acusando o estúdio de ter feito um mau gerenciamento.

Spacebase DF-9

Spacebase DF-9

Logo após o lançamento da versão 1.0 todo o código de Spacebase DF-9 será disponibilizado como Open Source, deixando nas mãos dos jogadores a implementação de novidades ao simulador. Se eles se interessarem, é claro.

O Early Access é uma plataforma que oferece oportunidades interessantes a desenvolvedores, mas está claro, cada vez mais, que o consumidor deve ter certa cautela quando for adquirir um título nesse formato. Talvez o que falte seja um detalhamento maior, quem sabe por parte da Valve, sobre o que a plataforma representa. Devido à possibilidade de projetos serem abandonados ou de terem seu final apressado, a compra de um jogo no Early Access tem um caráter mais de aposta, como o financiamento de uma campanha no Kickstarter. Spacebase DF-9 não é o primeiro título da plataforma a não seguir o curso de desenvolvimento planejado para ele. E com certeza não será o último.