Sylvio pode soar como um nome engraçado para um jogo de terror (“mah oee”), mas, se depender de sua trama e conceitos, ele tem tudo para captar o que há de melhor de Silent Hill e filmes de David Lynch – inspirações assumidas do criador, Niklas Swanberg.

O jogo traz como protagonista Juliette Waters, especializada na gravação de vozes, mais especificamente de fantasmas. Um dos itens usados pelo jogador, inclusive, é um microfone equipado com um oscilador, usado para captar frequências sonoras inaudíveis aos humanos. No jogo, temos que investigar os acontecimentos em um parque abandonado, o que envolve gravar “vozes” de fantasmas.

De acordo com a página do jogo no Greenlight, ainda precisamos reproduzir o som em diferentes velocidades ou invertê-lo, o que pode revelar mensagens ocultas, como quem gira um disco ao contrário para ouvir uma mensagem subliminar. Sinistro.

O jogo também parece fazer uso de uma técnica usada em Siren e, mais recentemente, em LA Noire, que transfere o rosto de um ator real para o personagem tridimensional. O resultado é estranho (como você vê ao lado) e, por isso mesmo, parece se encaixar muito bem em Sylvio e sua atmosfera misteriosa e perturbadora.

A julgar pelo texto (em inglês), atmosfera e música do trailer, Sylvio parece ser um daqueles jogos para ficar de olho.

O jogo está sendo desenvolvido para PC e deve sair entre o final de 2014 e 2015.