Você se sentia uma pessoa mais inteligente ao completar um puzzle em Portal 2? Bem, deveria. Segundo um estudo da Florida State University, Portal 2 é superior a um dos maiores e mais populares programas de treinamento cognitivo do mundo, o Lumosity.

Em um estudo conduzido pela pesquisadora Val Shute, Portal 2 foi comparado com o popular site de internet, que diz comprovadamente melhorar suas capacidades de memória, solução de problemas, atenção e mais. Para isso, Shute dividiu dois grupos de jogadores, um para Portal 2 e outro para Lumosity. Após oito horas acumuladas de ambos os jogos, Shute e outros pesquisadores constataram que os jogadores de Portal 2 obtinham um melhor desempenho que os jogadores de Lumosity em um teste de habilidades cognitivas.

Como destacado pelo site da revista Popular Science, o estudo é interessante por apontar como jogos criados para entreter podem ter efeitos positivos no cérebro, e maiores até do que produtos comerciais criados intencionalmente para aprimorar habilidades cognitivas.

Shute também questiona: “Se jogos para entretenimento na verdade fazem um melhor trabalho que jogos criados para a neuroplasticidade, o que isso sugere é que claramente estamos deixando de notar algo importante na neuroplasticidade” – que é o nome dado à capacidade do cérebro de se adaptar e melhorar de acordo com as atividades de um indivíduo.