A CD Projekt sabe como fortalecer laços com seus fãs. Repetindo a atitude que já havia tomado para The Witcher 2, o estúdio polonês lançará para The Witcher 3: Wild Hunt 16 pacotes de conteúdo gratuitos, para todas as plataformas – PC, Xbox One e PlayStation 4. Dois deles estarão disponíveis já no dia 25 de fevereiro de 2015, um dia após seu lançamento: um kit de armadura para Geralt e seu cavalo e diferentes estilos de barba e cortes de cabelo para o protagonista.

A partir daí, a cada semanas, mais dois DLCs serão distribuídos gratuitamente. No dia 4 de março, por exemplo, o jogo receberá uma nova quest e uma roupa alternativa para a personagem Yennefer.

Veja também:
Geralt veleja, cavalga e mata uns bichos no novo trailer de The Witcher 3

“Infelizmente esse tipo de tratamento é raro nos dias de hoje”, diz Marcin Iwiński, co-fundador da CD Projekt Red. “Como jogadores, temos que segurar nossas carteiras uma vez que, surpreendentemente após um lançamento, diversos, pequenos e tentadores pacotes de conteúdo se materializam, acompanhados de preços exacerbantes. Não acabamos de pagar uma grande quantia de dinheiro em um novo jogo?”

A estratégia parece ser uma provocação aos modelos de DLC e season pass, adotados por empresas como Activision, Ubisoft e EA, que costumam cobrar à parte por conteúdos adicionais lançados quase que simultaneamente a seus jogos principais jogos.

 

  • Domingos Junior

    So esperemos que não sejam 2 dlcs interessantes e 14 roupas e “futilidades” semelhantes

  • Douglas von Sohsten

    Apoiado é pouco…

    Abaixo ao modelo mercenário de jogos incompletos de propósito… é o cúmulo da “obsolescência programada” você comprar uma coisa e 1 semana depois você já estar “desatualizado” porque muitas partes daquele produto (que completem a experiência do mesmo) estão sendo vendidas separadamente.

    É como comprar um chapéu sem abas com a desculpa esfarrapada de que ele é “utilizável” mesmo sem elas, mas que a experiência completa do chapéu que, nós prometemos, te protegeria do sol custa 15 dólares a mais.

    Ubi mercenária.

    • jprbessa

      Na verdade eu acho que seria como comprar um chapéu e receber uma espécie de boné. De acordo com o que você paga ele pode mudar de cor, ter mais partes da aba, o mudar o tecido. O importante é que alguns fabricantes logo após liberarem a última parte da aba eles anunciam o próximo chapéu que vai deixar o seu obsoletamente brega.

  • Andrei Leite

    Estou aplaudindo de pé essa inciativa, já prevejo DLC day one em Dragon Age Inquisition e como fã da série (e dos jogos da Bioware) fico um pouco com inveja até, mas fazer o que

  • Rafael

    ah CD Projekt, melhor empresa! S2