Como se a música “Hope for the Future”, escrita e cantada por Paul McCartney, já não soasse forçada o suficiente na tela de encerramento de Destiny, agora ela virou um clipe.

Se, ao introduzir o ex-Beatle entre os personagens tridimensionais do jogo, na forma de uma Cortana da terceira-idade um holograma, o diretor do clipe queria criar algo bizarro e cafonérrimo, ele foi muito bem sucedido.

Mesmo que você goste muito de Destiny (ou de Paul McCartney), é provável que você não consiga chegar até o final sem sentir um pouquinho de vergonha alheia:

Saiba o que já falamos sobre Destiny:
Leia nossa análise de Destiny
Um papo sobre Destiny em nosso podcast MotherChip
– Usaram uma imagem de Destiny para falar de Deus