A Ubisoft está se dando mal na sua tentativa de tornar a experiência com Assassin’s Creed Unity menos frustrante, eliminando os bugs e problemas de performance que assolam os jogadores desde seu lançamento. Foi liberado nesta quarta-feira o Patch 4, que teoricamente resolve uma boa parte dos problemas. Contudo, alguns usuários do Xbox One que instalaram a atualização anterior à mais recente estão tendo que baixar 40 GB em vez dos 6,7 GB. Ouch.

A companhia diz estar trabalhando com a Microsoft para encontrar uma solução para o problema, mas por enquanto, o recomendável é esperar o download terminar. Contudo, aqueles que possuem uma cópia física do jogo podem acelerar o processo desinstalando o jogo do console e reinstalando-o, para apenas então, dar início ao download da nova atualização. Desta forma, o console baixará automaticamente o patch com o tamanho correto.

Veja também:
– Ubisoft quer compensar os problemas de Assassin’s Creed Unity dando DLCs e jogos grátis
Leia nossa nálise de Assassin’s Creed Unity
– Assista ao nosso Shuffle de Assassin’s Creed Unity

De acordo com a Ubisoft a nova atualização soluciona os problemas com quedas de taxa de quadro, frequência de congelamentos, perda de progressão do jogo, navegação, arrombamento de baús, conectividade, matchmaking e companion app.

O blog de Assassin’s Creed está reunindo informações e comentários de usuários sobre os novos patches.

Para Caio Teixeira, que se aventurou pela Revolução Francesa de Assassin’s Creed Unity, nem se os problemas técnicos forem devidamente resolvidos o novo episódio da série seria um grande jogo. Leia a análise e assista ao nosso Shuffle para entender por que o jogo da Ubisoft foi uma decepção – ainda que uma bela e vistosa decepção.

  • Eduardo Samoggin

    Só eu que acho que 6,7GB não é pra ser considerado patch?

    • Leandro Tavares

      Somos 2. E pensar que os jogos indies incrivelmente bons que a Plus deu recentemente não passam de 1GB. E pensar que após AC 2 a série tinha ares de que seria algo relevante em termos de história e narrativa também, não só mecânicas parkour.

      • Eduardo Samoggin

        Acredito que assim, tudo é relativo né, e pra um jogo pesado como AC: Unity, um patch de correção seria pesado também.

        Mas, praticamente 7 GB, me faz pensar que eles realmente sabiam que o jogo tava uma merda, antes de lançar já estavam trabalhando nesse patch e é isso ai. Foda-se quem gastou dinheiro comprando ele, a gente faz as coisas como a gente quiser e entrega o que a gente quiser também.

        • Leandro Tavares

          Pior é que ainda tem nego defendendo o game e a Ubi. Há intolerância com tantos outros serviços e produtos cujo resultado entregue não corresponde ao valor pago (hambúrgueres e suas imagens ilustrativas, operadoras de telefonia com serviço fraco, carros com defeitos que precisam de recall e por aí vai), e o jogo super quebrado/ incompleto é tratado com um “acontece, o patch corrige”.

      • Rafael Rigon Maier

        Mas ele é relevante em questão de parkour? Quero dizer, o jogo não foi simplificado ao máximo por que é chato subir e descer os prédios?

        • Leandro Tavares

          Ele não é, mas acho que já foi. Muitos jogos beberam dessa fonte.

  • rodrigo

    um novo jogo né gente

  • Quando teremos patches de 1 TB?

  • romulodearaujo

    Porra, comprei o jogo na outra semana anterior e não tive nenhum desses problemas. Agora vou ter que baixar essa porra que é do tamanho do proprio jogo digital.