A Telltale Games, que completou em 2014 seu décimo aniversário, está passando por algumas mudanças, a começar pelo seu CEO. Dan Connors, que foi presidente da Telltale desde que a empresa foi fundada, deixou seu cargo para o co-fundador Kevin Bruner. Connors passará a ocupar um cargo de conselheiro.

Com essa mudança, a companhia anunciou que trabalha em uma propriedade original, o que, no caso da Telltale, que se estabeleceu fazendo (ótimos) jogos baseados em franquias existentes, como Sam & Max, The Walking Dead e, mais recentemente, Borderlands e Game of Thrones, é uma grande surpresa. Vale lembrar que a única propriedade original da companhia em seus 10 anos de existência é Telltale Texas Hold-Em, lançado em 2005 – e que ninguém se lembra.

Veja também:
– Falamos sobre Tales From the Borderlands no podcast MotherChip

Por alguma razão, também me surpreende saber que a Telltale possui 240 funcionários atualmente, e sua intenção é crescer ainda mais nesta nova fase. Segundo Bruner, a Telltale dobra de tamanho a cada um ano e meio, desde que foi inaugurada. É, faz sentido, sabendo que a empresa trabalha em pelo menos três jogos simultaneamente, no momento.

Antes do novo anúncio, a Telltale revelou que está trabalhando com a Mojang em um jogo baseado em Minecraft, o que acabou botando interrogações na cabeça de muita gente.

  • Meu problema com os games da Teltalle nem se foca no fato de serem baseados em propriedades intelectuais conhecidas, visto que o roteiro e história dos games nunca me decepcionaram muito (tirando Jurassic Park, que eles arruinaram, logo a minha franquia favorita). Mas acho que eles precisam se reinventar e mudar um pouco o modo de jogabilidade, assim como as animaõções e gráficos. Ainda acho que esses pontos possuem bastante falhas.

    • J,R,R, Lojinha

      Não concordo. Eu sempre achei a direção de arte deles fenomenal. Gráficos realistas não são necessários, direção de arte é, e a deles é espetacular. Em compensação, a jogabilidade se tornou marca registrada da empresa, eles até poderiam querer fazer um FPS, sei lá, mas eles viraram a cara dos point-and-click. Acho que fazer uma mudança pequena num projeto periférico, sim, agora, num projeto principal é loucura.

  • JP Martins

    Na real o Puzzle Agent já era uma franquia original.

  • Na moral, eu joguei pouca coisa da Telltale, apenas os figurões: as duas temporadas de The Walking Dead e The Wolf Among Us. Os atrasos nos lançamentos desse último realmente me enervaram, mas nada que realmente me fizesse desistir, porém, eles não lançarem um Season Pass de Game of Thrones e anunciarem que serão 6 episódios me deixou muito desconfiado…