Como previsto por basicamente todo mundo, The Elder Scrolls Online deixará, em breve, de cobrar mensalidades para que possa ser jogado.

A mudanças ocorrerá no PC e Mac dia 17 março, momento em que o título passará a se chamar The Elder Scrolls Online: Tamriel Unlimited. O jogo, no entanto, não se tornará exatamente free-to-play, pois ainda será preciso comprá-lo. Uma vez feito isso, será possível explorar e sair em aventuras sem nenhum gasto extra.

Mas, é claro, se você quiser ter gastos extras essa opção estará disponível. Junto dessa transição será implementado o chamado “ESO Plus”, uma espécie de serviço premium que será vendido em pacotes de 30, 90 e 180 dias. Ao se tornar um membro do ESO Plus você terá acesso a todos os DLCs futuros, que consistirão de aventuras, missões e áreas adicionais; bônus de progressão nos personagens e algumas coroas (uma nova moeda existente no jogo, que será usada para comprar itens adicionais, como montarias). Caso seu tempo como membro do ESO Plus expire você perderá acesso às áreas pertencentes aos DLCs, porém itens obtidos permanecerão com seu personagem. E se você ainda tinha meses pagos em The Elder Scrolls Online será transformado automaticamente em um membro ESO Plus.

Leia mais:
Pokémon Shuffe é o novo jogo free-to-play do 3DS
Blizzard anuncia nova franquia, Overwatch

As versões de Xbox One e PlayStation 4, que serão lançadas no dia 9 de junho, já serão The Elder Scrolls: Tamriel Unlimited, pedindo então apenas a compra do jogo sem a necessidade de mensalidades.