Sem novos lançamentos desde 2012, a série Rock Band deverá fazer um retorno no PlayStation 4 e Xbox One. A informação vem do Bloomberg Business, que entrou em contato com uma pessoa próxima aos planos de relançamento.

Esse fato é só mais uma peça em meio a diversas outras que apareceram nos últimos meses, que apontam a volta da Harmonix ao mercado de jogos musicais com instrumentos de plástico. Em janeiro e fevereiro deste ano, por exemplo, novas faixas foram disponibilizadas como DLC para Rock Band 3 e Rock Band Blitz. Esses foram os primeiros conteúdos adicionais que os títulos receberam em dois anos. Além disso, uma pesquisa foi feita pelo estúdio há cerca de um mês, perguntando ao público o que eles gostariam de ver em uma nova versão do jogo e quais eram seus consoles de preferência.

Exatamente qual o caminho que Rock Band deve seguir para se tornar algo que chame a atenção novamente é difícil de prever. A série certamente atingiu seu ápice em Rock Band 3, tendo criado ao longo do caminho o interessante Beatles Rock Band, uma espécie de carta de amor à banda, e tal modelo poderia simplesmente ser repetido nos novos consoles. Isso por si só, no entanto, não deve evitar por muito tempo a fadiga que fez com que jogos musicais fossem colocados de lado, com seus instrumentos acumulando poeira dentro de armários e embaixo de camas (exceto quando são utilizadas de maneira não ortodoxa, é claro).

Caso esse retorno se prove real, é possível que vejamos a Harmonix seguir uma linha comercial diferente da aplicada da última vez, como a implementação de um modelo de assinatura que nos permita ter acesso a todo o catálogo de músicas em vez de termos de as comprar individualmente. Ou, talvez, o caminho escolhido seja um similar ao de Dance Central Spotlight, de Xbox One, um produto mais barato (US$ 9,99) que vem com poucas músicas, focando-se justamente na compra de DLCs.

Seja como for, junto ao retorno de Tony Hawk’s Pro Skater, é curioso ver esses gêneros que foram ordenhados até a última gota há alguns anos se tornando presentes novamente.