Jogos do Sonic não são bons há algum tempo. Eventualmente um novo título da série aparece, como Sonic Lost World, apresentando um certo brilho que nos faz lembrar do que a série já foi, dando a esperança de que a Sega insistirá em uma continuação no mesmo universo, refinando os elementos que deram certo naquela nova encarnação e se livrando do que deu de errado. Mas, como sempre, a empresa insiste em refazer tudo do zero, adicionando aos títulos elementos desnecessários a eles (como transformar Sonic em um lobisomem), nos fazendo perceber que ter esperança no ouriço é ingenuidade.

A mais recente recriação da figura de Sonic em Sonic Boom é uma tragédia particularmente forte, até mesmo para os padrões da franquia. Criada conjuntamente a uma série para a TV (cuja qualidade da animação me pegou de surpresa por ser superior ao que eu esperava), Sonic Boom: Rise of Lyric, para Wii U, e Sonic Boom: Shattered Crystal, de 3DS, foram unanimemente criticados pelos seus diversos problemas, tanto pela imprensa quanto pelo público. Em especial Rise of Lyric, o título para console possui entraves técnicos, bugs, uma taxa de quadros inconsistente e um texto que tenta ser cômico, mas só consegue ser engraçado pelo quão ruim é.

A quantidade de elementos negativos foi, desta vez, suficientemente forte para afastar os consumidores. Em seu relatório de finanças mais recente, a Sega apontou que Sonic Boom foi a entrada da franquia com piores vendas da história. As versões de Wii U e 3DS somadas acumularam um total de 490 mil unidades comercializadas.

Leia mais:
12 fatos que talvez você não saiba sobre a guerra entre Sega e Nintendo
Sega fará filmes e séries baseadas em Golden Axe, Altered Beast e outras franquias clássicas

Enquanto 490 mil é um número de fazer inveja a muitos outros jogos, ele é bem pequeno para um título que estrela o mascote que em décadas passadas chegou a rivalizar com Mario. Para se ter uma comparação clara, Sonic Lost World, que também foi lançado exclusivamente para Wii U e 3DS, teve um total de 710 mil unidades vendidas; e isso em uma época em que a base de usuários do Wii U era ainda menor do que a atual. Voltando mais um pouco, Sonic & All-Star Racing Transformed (que não é propriamente apenas do Sonic, mas sim de todas as franquias da Sega) alcançou a marca de 1,3 milhão de unidades, enquanto em 2011 Sonic Generations chegou a 1,8 milhão. Muito longe das 15 milhões de cópias de Sonic The Hedgehog, ou das 6 milhões de Sonic 2, mas, ainda assim, números impressionantes.

Resta saber agora qual o futuro do ouriço. A Sega recentemente anunciou a aposentadoria forçada de muitos de seus empregados e disse que terá um foco maior no digital. Nós sabemos que Sonic Runners, para iOS e Android, será lançado em algum ponto de 2015. Porém, é difícil de acreditar que a única aparição de Sonic em todo o ano será em plataformas mobile.

Nem todos os jogos distribuídos pela Sega tiveram uma aceitação abaixo da esperada. De acordo com a empresa, Alien Isolation teve mais de 1,7 milhão de unidades vendidas ao redor do mundo.