De acordo com uma postagem feita na versão japonesa da página da Konami, a empresa está contratando pessoas para trabalharem em um novo Metal Gear, cujo desenvolvimento já começou.

Isso soma-se às informações surgidas nesta quinta-feira (19), sobre a saída de Hideo Kojima, e outros membros da Kojima Productions, da empresa. Inicialmente foi notado que a frase “um jogo de Hideo Kojima” foi retirada da imagem das caixas dos jogos no site do Konami.

Depois disso, a Gamespot disse ter recebido informações de uma fonte interna ao estúdio, que explicou que desavenças entre Kojima Productions e Konami levaram a mudanças contratuais de Hideo Kojima e outros membros sênior próximos a ele, transformando-os em terceirizados e não mais em empregados fixos. A fonte também complementa que o pai da série Metal Gear deverá sair da Konami após o lançamento de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain.

Com a busca por novos empregados para trabalharem na franquia, muito provavelmente veremos novos jogos de Metal Gear surgindo nos próximos anos, porém sem o envolvimento de Kojima. Segundo a descrição da vaga, aqueles interessados em desenvolverem novas entradas do título de furtividade deverão ter uma “imaginação rica, ter ideias inovadores e uma forte paixão por desenvolver jogos”.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain será lançado no dia 1° de setembro para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360 e Xbox One, e no dia 15 de setembro para PC.

  • Se a nintendo anunciar que adiquiriu a konami, explica tudo.

  • trOOly

    Às vezes eu sinceramente não entendo o plano estratégico dessas empresas, principalmente as japonesas. Me parece que eles estão presos nos anos 80 e 90, quando o modus operandi asiático levaram-nas ao topo do mundo, mas que desde estão a estrutura administrativa mudou e muito daquele padrão arcaico de organização que eles tinham. Essa falta de flexibilidade e essas constantes rixas devido à exigência de submissão do “funcionário” (Kojima) ao seu “chefe” (Konami) vão acabar levando a empresa ao buraco.

  • Samuel Madeira

    Feedaram a o umbigo da Konami, GG Metal Gear.

  • Gustavo Freitas

    Vão foder com a meu jogo favorito. Palavras não descrevem o quão puto eu estou nesse momento.

    Metal Gear não é nada sem a mente do Kojima. Quero MUITO estar errado.

  • Sabe o que vai acontecer? Vão rebootar Metal Gear. Possivelmente o Kojima foi contra e isso causou a ruptura. Assim, não dá pra acreditar na palavra do Kojima em relação ao fim da série Metal Gear, já que ele sempre diz que é o último, mas com certeza a Konami sabia da limitação do espaço de tempo que um novo MG traria em relação ao primeirão, do MSX.

    Já o Kojima todo mundo sabe que queria largar o osso do MG faz tempo, então, entraram em conflito. Existe lados positivos e negativos nesse caso, já que os positivos seriam acabar com os furos de roteiro ao rebootar a série e adicionar uma mecânica moderna a eles, e o ruim sendo não ter Kojima envolvido diretamente.

    Enfim, agora esperar para ver.

    • Weslley Ngr

      Ele diz sempre querer parar de fazer Metal Gear, mas ele quer fazer um Remake do Metal Gear Solid 1 do PSX em Mundo Aberto. ‘-‘

  • Fabiano

    E assim a Konami consegue jogar fora duas das três últimas franquias dela que importavam: Silent Hill e Metal Gear. Vamos ver como ela vai se sustentar só com PES

  • Vinicius Diz

    Realmente uma pena, sem a mão do kojima provavelmente mgs vai virar mais um franquia anual e vai cair muito a qualidade
    pelo menos teremos phantom pain como ultima obra dele na franquia, torço para q seja bom

  • Cesar Vital Crivelaro

    Essa história ainda está bastante mal contada, né? Aguardamos os próximo capítulos…