Uma recriação em alta definição da primeira fase de Super Mario 64, feita por um fã, disponibilizada ao público e totalmente jogável, chamou a atenção de todos na semana passada – inclusive da Nintendo.

O site que hospedava a demonstração feita em Unity, sem fins comerciais, agora apresenta apenas a troca de e-mail entre a Nintendo, em tom de ameaça, e o responsável pela hospedagem do projeto.

Segundo o advogado contratado pela Nintendo, que exigiu a desativação imediata do acesso da demo ao público, o projeto infringe direitos autorais da companhia. Em resposta, o autor diz que só estava hospedando o projeto criado por um amigo que era um fã ávido de Super Mario 64 e que se tratava de uma demo técnica criada do zero.

O projeto, contudo, continua disponível na página pessoal do autor. “Eu não tenho planos de desenvolver isso além, uma vez que foi puramente criado por motivos de demonstração do controle do personagem e como tributo ao jogo original”, afirma Roystan Ross, o desenvolvedor.