A Livraria Cultura lançou, no dia 12 de março, um novo eReader da linha Kobo, o Aura H2O. É o primeiro gadget do tipo à prova d’água no Brasil, mas antes de dar um duplo twist carpado na piscina com o seu Kobo Aura H2O é importante ressaltar que o aparelho aguenta por até 30 minutos, sob 1m de água, com a tampa de vedação fechada.

Além da liberdade de poder ler até na praia, sem medo de água ou areia – sim, a vedação do gadget também o protege da areia e do acúmulo de poeira -, a Kobo oferece um acervo com mais 1.5 milhão de eBooks, então não faltará material para você aproveitar seu eReader. Esse tipo de aparelho é ótimo para quem lê com frequência ou quer adquirir o hábito, já que é leve, pequeno e você pode baixar seus livros na hora e ler imediatamente, sem depender de estoque ou espera de recebimento do livro.

Kobo Aura H2O

Kobo Aura H2O

Outro recurso legal do Aura H2O é o Kobo Reading Life, que ajuda na experiência da leitura com o TypeGenius. Ele possui 11 estilos de fonte ajustáveis, 24 tamanhos de fonte, além de configurações exclusivas de peso e nitidez de texto, para criar uma experiência personalizada e agradável aos seus olhos.

O Aura H2O permite que você aproveite melhor sua experiência de leitura com ainda outros recursos: dá para criar anotações no texto, consultar um dicionário integrado, criar favoritos e aproximarem o zoom para ver detalhes. Além de permitir organizar seus eBooks por autor, título ou alfabeticamente, como se fosse em sua própria biblioteca pessoal.

Kobo Aura H2OKobo Aura H2OKobo Aura H2OKobo Aura H2OKobo Aura H2OKobo Aura H2O

Conheça melhor a Kobo

Fundada em dezembro de 2009 e baseada em Toronto, a Kobo hoje tem milhões de leitores e está presente em 190 países, fornecendo conteúdo através da loja de livros da Kobo.com e de sua rede de parceiros varejistas, representados em 17.600 lugares pelo mundo. Por aqui, esse parceiro é a Livraria Cultura, que também fornece todo o suporte e assistência para os eReaders Kobo comprados no Brasil.

 

 

PUBLIEDITORIAIS: O Overloadr cede espaços a marcas que queiram divulgar seus produtos para nossos leitores. Mas deixamos claro que o publieditorial não reflete necessariamente a opinião do Overloadr e tampouco afetará o julgamento destes mesmos produtos.


  • Victor Domiciano

    Quando conseguirem lançar um e-reader com tela colorida o mercado de HQs digitais finalmente irá engrenar

    • pclloh

      tablets de 7′ não são bons pra isso?

      • Guilherme

        pelo menos PRA MIM eles são pequenos demais, a tela não tem uma porporção boa e ficar dando scroll na página é um saco… mas os de 9,7″ ou 10″ são perfeitos

        • Romulo Pereira

          Na verdade, parece que tablets de 10 polegadas foram feitos pra ler HQ. É a melhor maneira de se fazer isso sem papel.

      • Victor Domiciano

        o problema é a luminosidade e peso do tablet – o ebook fica bem parecido com papel – já tem uns protótipos colorido mas ainda não tá no mercado (preço e durabilidade ainda pecam pra lançarem)

    • rodrigooliveira

      QUERO!

  • Fabio Correia

    Gosto muito do Kobo são bem flexíveis no que se refere a formatos, sobre as telas coloridas creio que não ira demorar acabou de ser anunciado o Pebble Time com visor E-ink colorido

    • rodrigo

      aceita e-pub e pdf sem drm ?

      • Fabio Correia

        Eu tenho um kobo touch e um Glo ambos aceitam e-pub e pdf sem drm sendo ler em pdf nele é muito complicado creio que esse novo seja possível ler também

        • Filipe Ritto

          Mas o kobo tem entrada usb? Como é o modo de armazenamento dele?

          • Fabio Correia

            Ele possui entrada para cartão SD até 32GB e vem com 2GB ou 4Gb interno a depender do modelo mas uns 40% desse armazenamento interno é ocupado pelo firmeware. possui uma entra micro usb para carregar e conectar ao PC

  • Darth Paul Poor Traaais

    O curioso é como as pessoas “resistem” ao livro digital. E não são assim com outros conteúdos distribuídos/aproveitados digitalmente, como música, filmes, séries, jogos, etc.
    Me considero um bom leitor. Leio pelo menos uns dois livros por mês e com o formato digital, aliado a aplicativos inteligentes (como o Google Play Livros) posso ler com comodidade em várias situações.
    Ter algo físico é mais hábito que necessidade, salvo as edições especiais, limitadas, etc.
    Não acho que o livro digital seja o fim do livro físico. Na verdade não entendo essa rivalidade. São todos LIVROS. Assim como a música não deixa de ser música quando ouvimos um .mp3…

    • Filipe Ritto

      Não acho que o formato digital seja o fim do formato físico, eles podem funcionar muito bem em paralelos. Ou até podem desaparecer e logo depois virar um produto cult, como por exemplo os vinis. Hoje em dia todo artista lança seu álbum em vinil também.

    • Guilherme Gondin

      Olha, no caso de jogos, música, filmes e etc…, as grandes distribuidoras dão um grande apoio para o produto, já no caso dos livros não.

    • Romulo Pereira

      Pra mim pode sumir. Livro físico só com texto não tem mais razão de existir hoje.

  • Guilherme

    agora sim dá pra ler cagando sem remorso do ereader cair na privada

    • Eu ainda teria, mas pelo menos dá pra lavar de boa xD

    • Yuri Ortin Elste Bileski

      vamo zuar o patrocinador sim!

      • Guilherme

        zoar? aquilo é uma feature

  • Eric

    Oh, que legal o publieditorial. Eu tenho um Kobo Glo e é só alegrias.

  • rodrigo

    estou tentado a pegar um Kobo, tentei tablets mas a iluminação cansa de mais…

  • Tenho um Kobo (não é esse) e, devo dizer, foi uma das melhores compras que já fiz.

  • Bruno Oliveira

    E qual é o preço dessa belezinha?

  • Filipe Ritto

    A leitura de pdf nele aceita anotações de boa?

    • Filipe Ritto

      Estou em faze de dissertação na faculdade e tenho que ler muitos artigos e fazer anotações, se ele fiz isso e for de um valor razoável. Já to comprando. rs

      • Bruno Freire

        Quanto a PDF tens que procurar algum e-reader que tenha PDF Reflow que vai te proporcionar uma leitura melhor. PDF com figuras infelizmente não fica bom.

        • Filipe Ritto

          No meu caso são artigos acadêmicos, sem imagens, só texto. Ainda sim não fica interessante?

          • Bruno Freire

            Fica sim, a leitura fica agradável. Só tenho o LEV e testei a anotação em PDF e simplesmente travou o e-reader. O Kindle não tem o Reflow mas dá pra usar nele se o atualizares com uma custom firmware. Atualmente e-reader se comporta muito melhor com EPUB.

          • Filipe Ritto

            Hum… Entendi, valeu meu querido.

  • Celso

    Daora bicho

  • Celso

    Só tenho uma pergunta, porquê tem uma porção de miojo do lado da banheira?

    • Guilherme

      a água da banheira é quentinha, você nunca fez um miojo enquanto toma banho?

      • Julio

        Tipo assim:

        • eduardogrolli

          Esse cara parece o SandyJúnior.

          • Luks

            É o SandyJúnior mesmo.

    • Guilherme Gondin

      Ração de guerra, nunca se sabe quando vai rolar um apocalipse zumbi e você vai ter que se trancar no banheiro.

    • Romulo Pereira

      Lanchinho do Teixeira.

  • Victor Domiciano

    sou do lado escuro da força e to com um kindle, que está se pagando graças aos preços mais em conta dos livros (a maioria pelo menos!). O kobo é também bom, com a liberdade de usar qualquer formato o torna uma ótima opção (só precisam otimizar mais o SO dele).

    • Guilherme Gondin

      Eu tenho um Kobo e já tive um Kindle, acho que atualmente um Kindle é a melhor opção, o Kobo é ótimo e tal, mas é lento de doer.

  • Luiz Augusto Pereira Rodrigues

    Eu tinha comprado um Kindle, o problema é que a tela era muito sensível

  • Luiz Augusto Pereira Rodrigues

    Engraçado como a publieditorial tem mais comentarios que um post normal kkk