O brasileiro Chroma Squad finalmente ganhou uma data de lançamento. Inicialmente previsto para dezembro de 2013, meses após o projeto ter sido financiado via Kickstarter, Chroma Squad agora chega em 30 de abril, no Steam.

Embora Chroma Squad seja um jogo tático e de gerenciamento baseado em séries sentai e tokusatsu, como Jaspion, Flashman, Kamen Rider e outros super heróis japoneses, a Saban, companhia proprietária dos Power Rangers, não gostou de ver personagens similares aos seus no jogo brasileiro. Em 2014 o estúdio Behold, localizado em Brasilia, teve que lidar com a inesperada intervenção da Saban, que ameaçou impedir o lançamento do jogo, o que certamente atrasou seu desenvolvimento.

A versão de Chroma Squad para PS4, PS3 e PS Vita chegará em uma data posterior, ainda não anunciada.

Chroma SquadChroma SquadChroma SquadChroma SquadChroma SquadChroma SquadChroma SquadChroma Squad

Balde na cabeça

Uma ideia que antes não havia sido explorada em Chroma Squad, que fica presente no novo vídeo, é o uso do balde na cabeça, como se fosse um capacete para uma roupa de super sentai digamos… de baixo orçamento. A ideia se repete na nova capa do jogo: os heróis que antes usavam uniformes bem parecidos com os dos Power Rangers, agora também usam baldes na cabeça.

Pergunto para Guilherme Mazzaro, um dos produtores de Chroma Squad, se a decisão foi tomada para evitar maiores problemas com a Saban. Segundo ele, “mudamos [o visual] para parecer mais com o ‘do it yourself’ [‘faça você mesmo’]. Daí a gente chegou nessa solução dos baldes. É que a premissa do jogo é sobre atores que trabalham juntos e resolvem criar um estúdio do zero, o que por sua vez é uma referência a Cybercops, que também fazia algo parecido.”

Veja abaixo a nova arte final de capa de Chroma Squad:

ChromaSquad-nova capa