Mortal Kombat X será lançado nesta terça-feira (13) trazendo uma localização completa. Um dos pontos chamativos é que a cantora Pitty foi selecionada para dublar uma das personagens, Cassie Cage, escolha que, desde seu anúncio, estava deixando muitos com um pé atrás. Se temos tantos dubladores bons no país, por que selecionaram alguém que não tem experiência na área?

Dito isso, até então precisávamos dar o benefício da dúvida à cantora, afinal, tínhamos visto apenas fragmentos de seu trabalho em um vídeo promocional liberado pela WB Brasil, muito pouco. O que ocorre agora é que o usuário PELO, do Youtube, liberou um vídeo mostrando os diálogos que dão início aos combates entre Cassie Cage e outros lutadores, dando uma ideia melhor do resultado do trabalho. Ainda não é de forma alguma a totalidade de falas que existem no jogo, porém o que é visto já é indicativo de que podemos esperar por algo que não possui a melhor das qualidades.

Pitty simplesmente não tem impacto na entrega de seu texto. As palavras proferidas por Cage parecem ser as de alguém em uma sala calmamente lendo um papel, desprovidas de emoção e soltas em relação ao resto do diálogo. No entanto, é importante deixar claro que não queremos com isso atacar Pitty de nenhuma forma; ela provavelmente fez o melhor que podia na situação, mas o fato é que ela não é uma atriz nem dubladora. O erro recai na escolha dela para esse papel em vez de algum profissional da área.

Para piorar, os problemas da localização não estão somente na seleção das vozes. Nos trechos vistos no vídeo a tradução tem diversas falhas pois ela passou para nossa língua expressões que não existem no português, deixando boa parte dos diálogos incompreensíveis. Por exemplo, Sub-Zero pergunta à lutadora “onde estão seus companheiros”, ao que Cassie Cage responde “não precisa, eu tenho isso”, que não faz sentido nenhum. O mais provável é que o diálogo original envolvesse o ninja de gelo perguntando sobre os companheiros e Cage respondendo algo como “I don’t need them, I got this”, que seria mais próximo de “não preciso deles, posso cuidar disso”. É claro que nisso entra o problema do tamanho da tradução, já que as animações dos personagens não serão refeitas para comportar o texto brasileiro. Entretanto, é trabalho da localização adaptar criativa e corretamente, justamente para passar por cima disso, e não simplesmente fazer uma transformação literal e errada.

É possível que tais defeitos sejam resultado de um tradutor que só teve acesso ao texto, sem ver o contexto do jogo, o que tornaria difícil uma boa tradução. O que causa estranheza nesse contexto é que WB Brasil também lançou Injustice: Gods Among Us, que teve uma adaptação ao português maravilhosa, colocando em cena os atores que também davam voz aos super-heróis no desenho. É compreensível que não conseguissem o mesmo nível de qualidade novamente, afinal o tamanho e relevância do universo DC é bem diferente de Mortal Kombat, mas esse retrocesso é atordoante.

Mortal Kombat X será lançado no Steam, e nas lojas de distribuição digital do PlayStation e Xbox no dia 14 de abril. No PC ele custará R$ 99,99 e nos consoles R$ 249,99. A chegada às lojas das versões físicas está previstas para esta quinta-feira, 16.

  • Alessandro

    É bem fácil ver a diferença… Injustice: Pessoal profissional na dublagem.

  • Victor Mattos

    Toda a diplomacia e polidez do Heitor vão pra casa do Chapéu com o título do vídeo. Mas como bem dito, a culpa recai sobre os infelizes que fizeram essa equivocada escolha. Lamentavelmente, o jeito é jogar em inglês mesmo.

    • O vídeo não é do Heitor. Tenho quase certeza que se fosse para o site teria um título mais próximo do que ele deu pra matéria.

      • Victor Mattos

        Não falei que era. Foi um gracejo meu, claramente perdido.

  • Marcelo Hagemann

    Pior de tudo é que eu consigo entender porque escolheram a Pitty para o papel. Olhando um pouco para a Cassie e para a imagem que a Pitty tem como cantora dá para enxergar alguma semelhança. Foi um risco, a Pitty podia ter entrado no papel e feito uma atuação boa, ou dar no que deu.

    Ainda assim, eu creio que o maior problema está no texto. Até porque jogar a culpa na Pitty é muito fácil. Ela não é dubladora, muito menos atriz. E parece que a maior parte das falas da Cassie em português tem uma linha muito longa para o tempo de fala. E isso só com o texto (pelo menos o texto todo) dá para fazer um trabalho de adaptação melhor.

    Eu não posso dizer isso com propriedade alguma, mas pra mim parece que o tradutor responsável pelo texto da dublagem Brasileira era americano e não brasileiro.

  • Arthur Rocha

    OK, agora me diga que a Pitty fala assim, como ela afirmou na entrevista onde defendeu sua dublagem.

  • “Eu vou equalizar a sua cara” hahaha, eu ri.
    Se fosse tudo nesse nível de canastrice… mas o “eu tenho isso” doeu.

  • Bruand

    “Minha raça retornara um dia”
    “Por causa da sua cara” WHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAT?

  • Alex Palomino

    Gosto da Pitty e tals… mas que bela porcaria que ficou essa direção, essa dublagem, localização. Credo!

  • Tem diversos gameplays do Story Mode no youtube… sinceramente, lá eu n achei a Pitty ruim não (claro que n é nenhuma obra prima mas dá pra assistir/jogar tranquilamente), acho que só tiveram MUITA preguiça nessa parte das intros

  • kamycaze

    era pra parecer bad ass / bitchy ficou mais pra zoacao de criancas da quinta serie.
    “por causa da sua cara” (-.-‘)

  • Ademar Abiko Jr.

    “Nos trechos vistos no vídeo a tradução tem diversas falhas pois ela passou para nossa língua expressões que não existem no português, deixando boa parte dos diálogos incompreensíveis. ”

    “Entretanto, é trabalho da localização adaptar criativa e corretamente, justamente para passar por cima disso, e não simplesmente fazer uma transformação literal e errada.”

    É errada mesmo? Ahhh, a eterna discussão tradução x adaptação e os limites de cada uma.

    (E provavelmente foi involuntário, mas as falas da Pitty me pareceram engraçadas justamente por estarem fora de tom).

    • Heitor De Paola

      A partir do momento que as expressões não fazem sentido em nossa língua, sim, estão erradas. Pode haver maneira de melhor traduzi-las para que não haja uma grande adaptação em torno. Mas a tradução está errada.

      • Ademar Abiko Jr.

        Errada ou ruim? Nos exemplos aqui citados eu concordo. Mas tem muitos casos em que a questão passa pela percepção subjetiva do tradutor sobre o que será entendido. Figuras de linguagem, metáforas, piadas são os casos clássicos.

        Onde se deve traçar o limite entre o ipsis litteris e a interpretação da suposta intenção do autor? É aí que surge a eterna discussão à qual eu me referia.

        • kamycaze

          Creio que errada. A frase não faz sentido. Mesmo que as palavras separadamente estejam corretamente traduzidas a frase traduzida como um todo não tá passando a idéia que a original passa.

  • edvjunior

    É possível deixar o som original ou vou ter de achar um game americano?

    • Heitor De Paola

      Oi Ed, é possível deixar o áudio original sim. No caso dos consoles, creio que é só você deixar a língua do sistema em inglês que o jogo ficará em inglês também.

      • Mas e se quisermos colocar as legendas em PT-BR? Mas deixar o áudio em inglês?

        • Heitor De Paola

          Infelizmente, pelo que vimos aqui, não é possível. Se está em inglês só dá para ligar legendas em inglês mesmo.

          • Vinicius Siviero

            La se vai minha esperança.

      • edvjunior

        Valeu Heitor! Não consegui acompanhar a transmissão ao vivo, mas fico aliviado em saber disso e também da atualização do Bloodborne.

  • Não tá ruim.

    Tá péssimo…

  • Guilherme

    eu suspeito que a localização feita em injustice não valeu a pena aos olhos da WB Brasil, então ela optou por um estúdio bem mais barato e gastando o resto do dinheiro com o cachê da Pitty

    seria o caso de v er se é o mesmo estúdio e se houve algum conflito de interesses com o estúdio que dublou Injustice

  • Charmichael

    A melhor foi..
    “finalmente uma luta justa”
    “como você sabe?”
    “se não você vai levar uma no saco”

  • Diogo Macedo

    A WB, vem contratando musicos só para gerar burburinho. Eles sabem que a qualidade final vai mediocre, mas vai gerar um buzz nas redes sociais. Espero que essa “tendência de dublagens ruins e polêmicas”, não seja adotada por outras empresas.

  • Pode existir a possibilidade da mudança de estúdios entre aqueles que dublaram Injustice e MK X, portanto, sem o mesmo diretor a qualidade já estaria em cheque, porém, o mais bizarro é essa insistência das publishers brasileiras em empurrar artistas para transforma-los em dubladores.

    Mania terrível que já assola os longas animados(e que causou a briga entre Garcia Junior e Disney), chegando com força nos games(que já são conhecidos pela pouca atenção na hora da dublagem). Eu não vejo nada além de desperdício de dinheiro, afinal ninguém vai comprar um jogo porque Marcelo Resende, Roger, Gentili, Pitty, ou qualquer um está dublando o jogo.

    Quem quer que seja a empresa responsável pelo marketing está mesmo acreditando que “bem ou mal, fale de mim” é uma estratégia válida. E isso é terrível.

  • Paulo

    Nos consoles, é possível mudar o áudio e o texto juntos, mudando o idioma do sistema para o inglês.
    No PC – steam, é possível mudar apenas o áudio seguindo os passos abaixo:
    1) Nas propriedades do jogo no steam, mude o idioma para inglês;
    2) No diretório onde o jogo está salvo, localize a pasta onde estão os arquivos de texto de cada idioma.
    3) Faça um backup de segurança da pasta ENGLISH;
    4) Copie todos os arquivos que estiverem dentro da pasta PORTUGUÊS para a pasta ENGLISH

  • Vinicius Siviero

    6:19, o poder de ver através de óculos espelhados.