Além de uma piada de 1° de abril, o PlayStation Flow é uma ótima maneira de perceber como produtos de tecnologia recém-anunciados são, basicamente, uma construção muito bem realizada de marketing.

Com exceção das piadas óbvias, o vídeo lançado pela Sony de seu novo acessório fictício para PlayStation 4, um par de óculos de natação de realidade virtual (!), tem todas as características de um produto real: discurso convincente, edição e direção que enaltecem suas qualidades estéticas e tecnológicas e um grau de seriedade que, neste caso, só ajuda a tornar ainda melhor a piada de 1° de abril. Afinal, todos possuem disposição, fôlego e uma piscina no quintal, para levar o conforto da experiência de jogar videogame na sala para debaixo d’água, certo?

Veja também:
Google Maps já entra no clima do 1º de abril colocando Pac-Man em sua página

Além dos óculos de natação de realidade virtual (não importa quantas vezes esse termo esteja repedido no texto, ele sempre vai soar absurdo), o acessório integra sensores que capturam os movimentos do jogador debaixo d’água e os transferem para o personagem na tela. Eles obviamente não se preocuparam com o fato de que personagens de videogame normalmente possuem um fôlego sobre-humano, mas ninguém precisa saber disso. Há também uma espécie de plataforma de secamento rápido, que permite você voltar para a sala sem ter que molhar o sofá.

  • Tava até acreditando no anúncio, mas quando vi que de fato precisava mergulhar numa piscina, me toquei hahaha