Pouco após o anúncio de que Silent Hills, jogo que seria encabeçado por Hideo Kojima e Guillermon Del Toro, foi oficialmente cancelado, uma nova informação sobre a Konami surgiu. A empresa está se retirando da bolsa de valores de nova iorque, algo que entrará em efetividade em 12 de julho. Ela, no entanto, permanecerá presente nas bolsas de Londres e de Tóquio.

O fato, é claro, criou uma série de especulações na internet sobre a situação atual da Konami. Além do cancelamento da nova entrada da série de terror, Hideo Kojima, pai da série Metal Gear – uma das maiores, se não a maior, franquia sob a alçada da Konami – deixará a empresa em setembro, após o lançamento de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, o que torna questionável o que a casa de Contra terá para o futuro.

É cedo ainda para sabermos as ramificações dessa decisão, porém o mais provável é que se trate de uma reestruturação da companhia como um todo, diminuindo sua escala e se focando em negócios no Japão. Soa estranho para nós, no ocidente, que a associamos a produtos como Pro Evolution Soccer, Silent Hill e Metal Gear, mas a Konami, no Japão, atua em outras áreas como com máquinas de Pachinko, além de negócios ligados à saúde de beleza.

É possível que isso represente, tal qual ocorreu com a Sega, uma guinada para a empresa, passando a caminhar por áreas diferentes daquelas pelas quais a lembramos. E nisso existe a chance de que a divisão de jogos dela seja vendida, apesar de não termos dados ainda que reforcem essa teoria. Mas, de qualquer forma, ao que tudo indica, isso dificilmente é sinal de falência ou fechamento de qualquer forma da Konami.

  • rodrigo

    Eu acho é poko ….

  • Lukas Leite

    A THQ de 2015?

  • nico, acho

    Era triste pra ser fã de Metal Gear e Silent Hill ):

  • Aperipe

    È o fim da parte da Konami que importa para o ocidente.

  • Henrique Ribeiro

    Triste .. esperava muito o novo Silent Hill.. :'(

  • Victor Domiciano

    No ocidente o único negócio dela era jogos, logo ela irá se concentrar nas demais áreas dela no Japão.

    Tá na cara que a Konami se perdeu na última geração, ainda conseguiu cambalear graças a MGS e parte do PES . Ela tá perdidinha sem saber o que fazer. Sem lançar nada relevante ela pode ser a vítima dessa nova geração (o que acontece sempre, vide THQ e Midway). A venda da divisão de jogos seria uma solução pro grupo ainda lucrar antes que seja tarde.

  • Felipe Moura

    Próxima noticia “Konami anuncia falência”… Seria um grande perda para os jogadores

    • Cesar Vital Crivelaro

      Você leu a notícia?

      • Felipe Moura

        Li sim e fiz uma brincadeira, no qual parece que estava certo

  • Guilherme Gondin

    A dúvida é, agora FIFA monopolisa o nicho de mercado?

  • Jonathan Brian Dos Santos

    “Mas, de qualquer forma, ao que tudo indica, isso dificilmente é sinal de falência ou fechamento de qualquer forma da Konami.” bééé = http://www.nytimes.com.clonezone.link/konamibankrupt