Há novos lutadores em Mortal Kombat X e um deles é gay – além de badass. Não que isso fique claro durante as partidas ou sequer importe, ainda mais em um jogo de luta, mas é sempre bom notar que os desenvolvedores de games estão abraçando a diversidade, deixando clichês e estigmas no passado.

kung-jin

Kung Jin é descendente de Kung Lao

O personagem em questão é Kung Jin, o monge shaolin arqueiro, descendente de Kung Lao, e sua sexualidade é sutilmente abordada durante o capítulo 4, em uma sequência de flashback.

Nesta cena, Raiden diz: “Inferioridade sempre foi uma infeliz parte do seu disfarce”, após flagrá-lo roubando um objeto. Depois de uma luta, Raiden tenta convencê-lo a se tornar um monge shaolin. “Eu não posso, eles não vão me aceitar”, diz Kung Jin, hesitante. “Eles se importam apenas pelo que está no seu coração, não por quem seu coração deseja”, responde Raiden, que aparentemente tem um excelente gaydar. A cena pode ser vista aqui, a partir do minuto 11:20.

Assista à nossa transmissão ao vivo na íntegra de Mortal Kombat X

Após o burburinho sobre a cena, Dominic Ciancialo, diretor de sequências animadas de Mortal Kombat X confirmou no Twitter que o diálogo trata da identidade sexual de Kung Jin. “Vejo que algumas pessoas estão sacando a sutil exposição contida no flashback de Kung Jin. Bom saber que temos fãs tão atenciosos!”

  • Piter Crdnt

    Ok. Legal.

  • Kawê A.

    Que legal.

  • Gustavo Quintão

    O mais legal pra mim foi o jeito sutil com que foi abordado.

  • Ed Araujo

    Muito bom, jogos que tem mente aberta estão prontos pra fazer coisas novas e boas… espero que tenha algo mais desse tipo em outros jogos ^-^

  • Dai

    Maneiro. 8D

  • Luan Felipe Cunha

    Nunca tinha percebido isso. Mas eu pensei que o Rain é que fosse gay, e a Mileena bi. :v

    • Steves Nielsen

      Na história do umk3 o Rain, namorava Jade e Kitana ao msm tempo, sua teoria nunca ia ser verdadeira, e a Mileena até agora só se interessou pelo Reiko (na HQ)

      • Fragata

        DIZEM que ela também se pegava com o Reptille, não sei se isso faz dela hétero ou zoófila xD

        • Heitor De Paola

          Quanto bafo no mundo de Mortal Kombat.

      • Luan Felipe Cunha

        Mas como é reboot, vai que… né? D:

  • Ótima forma de colocar o personagem como Gay, inclusive nunca vi uma forma tão boa no entretenimento. Devo admitir que não notei.

  • OfudouMyou

    bom que não é abordado como uma das marcas principais do personagem. o ideal é a gente nem precisar falar disso, numa naturalidade verdadeira e não cínica =)

  • Rodrigo Souza

    Completamente desnecessauro.

    • crowsg

      A inclusão de personagens gays continua sendo importante pra normalizar a visão que temos sobre homossexualidade, continuará sendo importante até um personagem gay não ser raro o suficiente pra virar manchete.

      • Rodrigo Souza

        Infelizmente normal e homossexualidade não combinam. Não sou contra as pessoas escolherem o que quiserem da sua vida, pois as consequências virão quer queiram quer não, porém a forma como a notícia é abordada por algumas pessoas soa como “Estou certo e vocês nããão lá lá lá lá lá…”.

        • Wesley Evangelista Carvalho Ev

          Concordo com o Rodrigo Souza!

          • A Gente Duplo

            Então dá pra ele!

        • Fabiano

          certo sobre o que?

        • Leonardo Avila

          Uma parte significativa dá população é homossexual, existe indícios de diversos personagens históricos importantes serem homossexuais, homossexualidade está presente em todos períodos da civilização, outras espécies de animais também demonstram homossexualidade.
          Pra mim isso é ser NORMAL.

          • guest

            Concordo com o Leonardo Avila. Existem mais de 5000 casos de homossexualismo em diferentes espécies de animais, muitas pessoas homossexuais desde os tempos antigos até hoje. Pra mim também é super normal.

          • Alex Palomino

            ‘Homossexualismo’ remete doença, o que realmente não é. Use o termo homossexualidade. É o preferido.

          • Rodrigo Souza

            O aviso é dado, mas as pessoas insistem em crer nisso. Seja lógico, imagine um futuro da humanidade com o ato homossexual vigente entre grande parte da população. Para mim esse futuro chama-se bagunça e os seres humanos infelizmente sairíam de racionais para o seu contrário(tendo em contexto o resultado da sociedade imaginada). Não vou mais levar essa discussão a frente porque meu ponto de vista não cabe ser dito aqui.

          • Alex Palomino

            “Para mim esse futuro chama-se bagunça”

            Para mim, chama-se república. Tchau, amegueenho…

          • Chora mais facistinha!

        • Fragata

          Meu, na boa, se os caras querem lutar por causas sociais de gays, negros, bestialidade, pedofilia e o escambau, que façam protestos e o caramba, mas jogar isso num jogo e luta que nunca abordou qualquer tema sobre sexualidade de ninguém, qual a necessidade isso cara?

  • Leandro Tavares

    Sutil e respeitoso, sem um estereótipo engraçadalho. Nice.

  • O negócio é que, assim como na vida real, a sexualidade só faz parte da identidade do personagem e não define ele, como muitas vezes personagens gays em video games acabam sendo.

    • Manoel Ricardo

      mas vamos admitir que fica bem mais divertido quando é escrachado e estereopatizado (existe essa palavra?), estilos aqueles dois bosses gays do god hand <3

  • Fragata

    No Brasil, se derFfatality no gay você vai preso por homofobia e aina é processado pelo jean Willys :v