Batman: Arkham Knight, título que traz o retorno da Rocksteady aos jogos do homem-morcego, já está disponível, porém, de acordo com o burburinho vindo da rua, é melhor você por enquanto ficar longe da versão de PC.

Infelizmente o port para computadores sofre de problemas técnicos e não possui a melhor performance do mundo, mesmo em boas máquinas. Aparentemente, apenas quando estamos falando de PCs excelentes, com hardware incrível, que Batman roda sem tropeços. E isso está ocorrendo tanto em computadores com placas de vídeo da Nvidia quanto da ATI, então não se trata de um problema específico à incompatibilidade com uma das marcas.

O reflexo da insatisfação daqueles que adquiriram Batman: Arkham Knight pode ser visto, em parte, nos reviews feitos no Steam. Como esperado, o feedback indica que a experiência com o título é predominantemente negativa, o que fez com que alguns pedissem o reembolso que agora existe na plataforma da Valve. É possível que este venha a ser o primeiro caso de uma grande quantidade de jogadores querendo o seu dinheiro de volta em torno de um jogo no Steam.

Batman: Arkham Knight

Batman: Arkham Knight

Os empecilhos mais comumente citados são de travadinhas contantes (que atrapalham especialmente os momentos de combate, que envolvem ritmo) e uma taxa de quadros que cai bastante quando o Batmóvel é usado (sendo que ela é travada em um máximo de 30 quadros por segundo). Há também relatos de progresso sendo perdido e dados apagados.

A Warner Bros. já está sabendo dos problemas presentes na versão e teve o seguinte a dizer em seus fóruns: “Olá a todos. Nós estamos cientes que alguns usuários estão relatando problemas na performance da versão de PC de Batman: Arkham Knight. Isso é algo que a Rocksteady leva muito seriamente. Nós estamos trabalhando de perto com nosso parceiro externo responsável pelo desenvolvimento da versão de PC para garantir que esses problemas serão resolvidos o mais rapidamente possível.”

Ou seja, se você pensava em jogar Batman: Arkham Knight no computador e não tem um PC que seja top de linha, é melhor esperar um pouco até a Warner e a Rocksteady lançarem patches que corrijam essas falhas. Os relatos dos engasgos dessa versão são especialmente chatos para nós aqui no Brasil, já que a edição de PC do título é a única com um preço minimamente aceitável, em R$ 119,99. Em contrapartida, as edições para PlayStation 4 e Xbox One estão à venda por R$ 249,90.