Revelado na coletiva da E3 2015 da Ubisoft, a série Ghost Recon está diferente do que costumava ser. O novo título apresentado, chamado Ghost Recon: Wildlands apresenta um visual menos futurista do que o Ghost Recon: Future Soldier, lançado em 2012. Pelo que pudemos ver ele parece estar mais centrado em uma realidade atual, com veículos e equipamentos mais compatíveis com nossa realidade, apesar de tecnologias avançadas ainda poderem ser vistas.

Provavelmente a maior surpresa foi a informação de que Wildlands terá um mundo aberto e massivo. Exatamente como isso irá se entrelaçar com a estrutura multiplayer do jogo – se será algo similar ao presente em Assassin’s Creed Unity, com suas missões para vários jogadores segmentadas – não ficou claro.

Além disso, o trailer faz questão de demonstrar as várias maneiras através da qual uma missão específica pode ser terminada. Em uma das ocasiões a equipe elimina o “chapéu branco” – codinome dado ao alvo – com um tiro de sniper, escapando do lugar. Na outra, se infiltram no local em que ele reside à noite, de forma furtiva e, finalmente, na terceira opção usam da tática de roubar a cocaína do “chapéu branco”, fazendo com que os superiores dele o eliminem.

A presença de várias táticas possíveis não é exatamente novidade, mas a variedade apresentada em Ghost Recon: Wildlands pareceu interessante. O jogo será lançado para PC, PlayStation 4 e Xbox One.