O Steam agora abordou um dos maiores pontos de contenda sobre produtos digitais. A Valve anunciou nesta terça-feira (2) que sua loja virtual passará a oferecer reembolsos de jogos e DLCs comprados por lá, desde que o pedido seja feito em até 14 dias após a aquisição.

Esse reembolso não está sendo oferecido só em caso de um jogo não funcionar em seu PC. “Você pode pedir um reembolso para quase qualquer compra do Steam – por qualquer motivo,” diz a página oficial. “Talvez o seu PC não tenha o hardware necessário; talvez você tenha comprado um jogo por engano; talvez você tenha jogado o título por uma hora e simplesmente não gostou dele.”

É um pouco surpreendente, mas você poderá ter o seu dinheiro de volta por não gostar do que comprou. É claro, existem sistemas ativos para evitar o abuso dessa prática. O título que você deseja devolver precisa ter sido jogado por menos de duas horas. Então não pense que você terá como, por exemplo, fazer uma maratona insana de The Witcher 3: Wild Hunt, terminando-o em poucos dias para então ter seu dinheiro de volta. A não ser, é claro, que você consiga chegar ao fim da aventura de Geralt em apenas duas horas (e se você é capaz de fazer isso com The Witcher 3, por favor me avise, pois eu gostaria de ver).

Os pedidos de reembolso devem ser feitos através do help.steampowered.com. Apesar dos requisitos de limite de tempo jogado e dias até a requisição ser feita, é possível que a Valve ofereça o dinheiro de volta em outras situações, de acordo com a avaliação dela do caso. Exatamente como isso se dará ainda não é claro, mas é possível ver um cenário em que consumidores insatisfeitos com um título em Early Access abandonado peçam para ter o que gastaram retornado a eles.

O dinheiro será devolvido em sua carteira do Steam ou “através do mesmo método de pagamento usado para se fazer a compra.” No Brasil, é preciso fazer uma compra com PayPal, Visa, MasterCard ou JCB para que você receba o dinheiro de volta em sua conta. Caso você adquira jogos com Boleto Bancário, Visa (Nacional), MasterCard (Nacional), Pagseguro, Itaú Online, Banco do Brasil Online, American Express (Nacional), Hipercard, BoaCompra Gold, Diner’s Club (Nacional) ou Aura, o dinheiro será reembolsado em sua carteira do Steam.

O sistema de reembolso também funcionará com títulos adquiridos em pré-venda e a maioria dos DLCs, não estando disponível caso a compra em questão tenha alterado o jogo base de alguma maneira (como, por exemplo, ter feito o seu personagem subir de nível). No caso de compra de itens dentro jogo, será possível pedir o dinheiro de volta em até 48 horas para jogos desenvolvidos pela Valve. No caso de jogos de terceiros, a decisão de permitir o retorno de dinheiro na compra desses itens caberá a cada empresa individualmente. Você não poderá pedir reembolso de títulos dados a você como presente e também perderá o direito de pedir pelo dinheiro caso tenha sido pego pelo VAC, o sistema anti-cheat da Valve.

A empresa já avisa que ficará de olho para o caso de abusos desses sistema, retirando esse direito em casos individuais. Resta saber agora quais formas as pessoas encontrarão para tirarem proveito disso. A ideia mais óbvia é correrem atrás de títulos bem curtos que poderiam ser terminados em um período menor do que duas horas, porém seria fácil para a Valve detectar isso.

Por último, não é considerado abuso você devolver um jogo e recomprá-lo em seguida pelo fato do mesmo ter entrado em uma promoção. Ao que tudo indica, poderemos colocar isso em prática em breve.

  • leoleonardo85

    Não muda muito, pessoal compra 10 jogos na Summer Sale, joga 2 e 8 fica mofando lá ahahaha

  • Matheus Portella

    Se eu ñ me engano quando você joga com a steam offline o numero de horas não é contabilizado. Acho que isso poderia gerar algum tipo de abuso do serviço de reembolso

    • Ânderson Cardoso

      Hm.. não. ele só não sincroniza teus troféus as horas são contadas.

    • Tais

      pensei nisso também! já tive que jogar offline e é bem triste perder o senso de tempo gasto e achievements ganhos =(

  • Ânderson Cardoso

    O origin já tem isso faz um tempo, agora no steam será ótimo eu mesmo ja cometi a cagada de comprar um game que ja tinha e fui reembolsado.

    Sobre a prática de burlar essa feature não creio realmente que alguém que gaste, dando o seu devido valor no game faça isso e acredito que o steam punirá de forma dura quem o faça.
    Tomara que por aqui ninguém ache um ‘jeitinho’ e o steam acabe com uma boa e úttil feature por conta de algum imbecil.

  • Gilliard Lopes

    Interessante ver o que acontece com jogos que você consegue terminar em menos de 2 horas, como Toren.