GALAK-Z e Everybody’s Gone to the Rapture ganham data de lançamento para agosto

Foi anunciado no PlayStation Blog que em breve terá início o período promocional chamado de PlayStation Store Play. Esta promoção abrangerá quatro jogos para PlayStation 4, sendo eles Journey (que teve sua data de lançamento no PS4 recentemente anunciada), N++, Everybody’s Gone to the Rapture e GALAK-Z. Estes dois últimos, em especial, são títulos que antecipo há algum tempo e tem cara de que serão muito interessantes.

As datas para cada um desses jogos são as seguintes: dia 21 de julho para Journey (lembrando que se você o tem no PS3 também o terá no PS4), dia 28 de julho para N++, dia 4 de agosto para GALAK-Z e dia 11 de agosto para Everybody’s Gone to the Rapture. Caso você adquira esses títulos em sua pré-venda e seja assinante da PlayStation Plus, haverá um desconto de 20% em sua compra. Assim, todos eles sairão por US$ 15,99 em vez de US$ 19,99, com exceção de Journey, que normalmente custará US$ 14,99, mas poderá ser adquirido por US$ 11,99.

Além disso, se você obtiver dois ou mais títulos do catálogo PlayStation Store Play até o dia 18 de agosto, ganhará um cupom com 10% de desconto em todo o carrinho de uma compra na PS Store.

Sobre GALAK-Z, o motivo do ânimo está tanto no modo como ele explora sua estética e no que ele diz que oferecerá em termos de mecânicas. Seus controles brincam com inércia e propulsão, criando um tipo de batalha similar ao que vimos recentemente em Luftrausers, em que, depois que sacamos os controles, é delicioso escapar por entre os tiros dos inimigos e raspar levemente em asteroides que vêm em nossa direção. Esteticamente, ele faz referência a animes dos anos 1990 (e possivelmente dos anos 1980 também) como G-Force, que eram ao mesmo tempo horríveis e deliciosos.

Everybody’s Gone to the Rapture, por sua vez, é da mesma equipe que fez Dear Esther, a The Chinese Room. O que chama a atenção aqui é a premissa: nós exploramos solitariamente um mundo que acabou de sofrer o apocalipse, observando o que restou dele e presenciando eventos inexplicáveis diante de nossos olhos.