Uma matéria publicada no jornal Nikkei tem potencial para aumentar ainda mais o rombo na reputação da Konami, que há algum tempo anda bastante abalada – ao menos aos olhos de quem a acompanhou nas últimas décadas. Segundo a reportagem, traduzida pelo Kotaku, desde que a companhia lançou Dragon Collection para mobile e viu um jogo de social de baixo orçamento render mais que suas grandes produções, ela tem se voltado cada vez menos ao mercado de consoles – o que afetou drasticamente sua cultura interna de trabalho.

Pelas descrições do jornal, a Konami parece ter se tornado uma instituição orwelliana opressiva. Câmeras monitoram cada movimento dos funcionários, que também tem tem suas entradas e saídas controladas com um cartão magnético, e aqueles que permanecem fora da empresa mais tempo que o permitido durante o horário de almoço têm seus nomes anunciados por toda a companhia.

A maior parte dos funcionários não possuem endereços permanentes de emails, e sim uma sequência de letras e números, que são alterados periodicamente.

Veja também:
– Hideo Kojima deverá sair da Konami após o lançamento de Metal Gear Solid V
– Há um tal de Castlevania: Erotic Violence vindo aí, mas não se anime
– Konami confirma cancelamento de Silent Hills e P.T. será retirado da PSN

Desenvolvedores que deixam de ser vistos como úteis pela companhia são rebaixados a cargos de segurança ou limpeza nas academias da companhia e na fábrica de pachinko. Isso inclui não apenas jovens, mas também veteranos da indústria, responsáveis por títulos de sucesso do passado.

A Konami parece monitorar até quem pede as contas e deixa a companhia. Segundo a Nikkei, pessoas que curtiram um post de um ex-funcionário, que anunciou sua demissão da Konami no Facebook, foram realocadas dentro da empresa.

O jornal também afirma que o estúdio Kojima Productions, responsável pela série Metal Gear Solid, que havia sido dissolvido, segundo um dublador, foi renomeado para Departamento de Produção Número 8 e que o custo de desenvolvimento de Metal Gear Solid V já ultrapassa 10 bilhões de ienes (US$ 80 milhões).

  • Rodrigo Pillotto

    “ビッグブラザーはあなたを見ています”

  • Então toda aquela piada da internet que a família do Kojima estava sendo mantida em cativeiro e por isso ele continuava anunciando novos Metal Gear, pode não ser um devaneio da internet…

  • rodrigo

    a Industria de Pachinko é suja meshmo

  • Rafael Rigon Maier

    Daki a poco os jogos da Konami vão vir com easter eggs de pedidos de socorro.

  • Ramón Franklin

    “Desenvolvedores que deixam de ser vistos como úteis pela companhia são
    rebaixados a cargos de segurança ou limpeza nas academias da companhia e
    na fábrica de pachinko. Isso inclui não apenas jovens, mas também
    veteranos da indústria, responsáveis por títulos de sucesso do passado.”

    MENTIRA NÉ?

  • Guilherme Carrion

    Até onde sei no Japão não possui nada parecido com leis trabalhistas, mas isso realmente parece mentira e improvável.

  • Tales Zuliani

    This is Madness