Previsto para dia 21 de agosto, jogo online The Flock deixará de existir após certo número de mortes

The Flock é um jogo bem incomum: trata-se de um multiplayer online sombrio, no qual todos os jogadores são monstros fadados ao desaparecimento.

A ideia do estúdio holandês Vogelsap é lançá-lo em 21 de agosto, dia no qual The Flock terá sua população máxima: 215.358.279 “indivíduos” da espécie monstruosa que habita a Terra no ano 3000, em sua ficção. Este também é o número máximo de mortes permitidas pelo jogo: cada vez que um jogador é eliminado em uma partida, um número é subtraído do total. Quando a contagem cai para zero, a espécie é extinta, tornando The Flock impossível de ser jogado novamente. Sim, é um jogo com prazo de validade proposital e uma história sobre uma raça tragicamente fadada à extinção.

O jogo em si não é tão complicado: cada partida possui até cinco jogadores, todos assumindo o controle de um membro do Flock, e a primeira pessoa a encontrar o Artefato da Luz se transforma em uma criatura humanóide, capaz de pulverizar os outros jogadores com o forte raio de luz emitido pelo objeto. Contudo, ser o “carregador” é também sinônimo de ser caçado pelos outros jogadores, que podem evitar a morte se ficarem completamente imóveis enquanto o foco de luz estiver apontado para eles. O objetivo da partida é ser o último carregador do artefato a sobreviver, o que significa que, a cada partida, ao menos quatro indivíduos são obrigatoriamente eliminados da contagem total de Flock.

Quando a contagem chegar a zero, The Flock, o jogo, irá desaparecer, e será removido de todas as lojas online. Apenas aqueles que já o tiverem poderão ter contato com a experiência final, que servirá de desfecho para a história.

Pessoas que comprarem The Flock antes do lançamento, no dia 21, receberão uma cópia extra do jogo, para ceder para um amigo. O jogo já pode ser comprado no site oficial e estará disponível para venda no Steam e no Humble Bundle.

  • André Luz

    achei a ideia genial, e fiquei com vontade de jogar na verdade só para ver o evento final hehe

  • Guilherme Gondin

    Me lembrou de You Only Live Once.