A The Pokémon Company, subsidiária da Nintendo, anunciou em uma coletiva no Japão um novo jogo de Pokémon para smartphones iOS e Android, chamado Pokémon Go.

Inspirado em jogos massivos online e de realidade aumentada, o título pede aos jogadores que se locomovam pelo mundo real em busca de monstrinhos para então batalhá-los e capturá-los. A Niantic, companhia especializada em jogos de realidade aumentada e alternativa, parte do Google até agosto de 2015, é quem cuida do desenvolvimento do título.

Veja também:
Já imaginou como são as Pokébolas por dentro? Este designer já

A ideia é que os jogadores aproveitem viagens e deslocamentos em cidades e países para caçar por novos pokémons, como coletar um Bulbasaur na estação de Shinjuku em Tóquio ou um Pikachu na Torre Eiffel, como explicado por John Hanke, presidente da Niantic e co-criador do Google Earth.

Durante a conferência, Tsunekazu Insihara, presidente da The Pokémon Company, afirmou que Satoru Iwata, falecido em julho passado, estava diretamente envolvido no conceito do jogo.

Pokémon Go funcionará também com um dispositivo baseado em Bluetooth chamado Pokémon Go Plus, uma espécie de pulseira com um adereço similar a uma pokébola com um formato similar aos pinos de marcação do Google Maps – o que reforça o fato de que a Nintendo estava trabalhando com o Google, antes de sua reestruturação e a independência da Niantic.

Pokemon_GO_Plus_w_strap.0

Quando há um pokémon por perto, o dispositivo vibra e acende, indicando a presença de uma criatura, a qual deve ser averiguada usando o smartphone. Embora o dispositivo não seja necessário, ele ajudará o jogador.

Curiosamente, a ideia por trás de Pokémon Go é bastante similar à brincadeira de 1º de abril realizada pelo Google em 2014, que também espalhava criaturinhas ao redor do mundo, as quais os jogadores deveriam procurar usando o Google Maps. É bem possível que ela tenha servido de teste ou mesmo dado origem ao desenvolvimento de Pokémon Go.

Para Shigeru Miyamoto, que também apareceu na conferência, Pokémon Go é um Pokémon Snap na vida real.

Pokémon Go chega em 2016 como um aplicativo gratuito, mas com venda de itens e recursos. O preço do acessório não foi anunciado.