A vida de um cão perdido em uma metrópole feita por humanos e para humanos não deve ser nada fácil. Home Free, novo jogo do game designer nova-iorquino Kevin Cancienne, nos permitirá sentir na pele como é ser um cãozinho em busca de comida, amigos e um cantinho aconchegante e seguro para dormir em meio a uma cidade caótica. Quem sabe, eventualmente, você não encontra um lar definitivo?

Home Free

Home Free, em desenvolvimento há dois anos, é descrito por Kevin como um action-RPG de mundo aberto, ambientado em uma cidade gerada aleatoriamente. Você escolhe a raça de seu cãozinho abandonado (dentre dezenas disponíveis) e parte para a sobrevivência na cidade grande.

Use suas habilidades caninas para brincar com outros cães no dog park local, escapar das agressões de outras espécies em becos escuros, buscar por comida em pontos estratégicos (e em momentos específicos) e tome decisões que afetarão a relação entre seu cão e o mundo ao seu redor.

Veja também:
– Há um jogo de luta com pôneis absolutamente fabuloso vindo aí

Embora Home Free seja um jogo individual, ele vem acompanhado de Dog Park, um jogo multiplayer local para até quatro jogadores. Como o próprio nome indica, o jogo simula a dinâmica de um dog park real, no qual os jogadores, cada um no controle de um cachorro, perseguem e derrubam uns aos outros.

Home FreeHome FreeHome FreeHome FreeHome FreeHome FreeDog ParkHome Free

Kevin busca arrecadar US$ 50 mil no Kickstarter para financiar Home Free. Contribuindo com US$ 15 você garante uma cópia digital do jogo para PC ou Mac, previsto para o final de 2016.

Você pode ver mais imagens e pequenos e vídeos em Vine no perfil de Kevin no Twitter.

Veja os trailers de Home Free e Dog Park. Garanto que será um dos sorrisos mais agradáveis que você dará hoje:

  • Rômulo~

    Gostei muito do estilo dos cachorros. Será que vai ficar com mecânicas como o Tokyo Jungle??

  • Eu sei que o trailer tenta passar uma sensação feliz e alegre, livre etc… mas eu me senti muito melancólico e triste… Mas muito bonitinho o jogo.