Não é mais nenhum segredo que Hideo Kojima está deixando a Konami, após quase 30 anos trabalhando em Metal Gear Solid, então o mínimo que ele poderia fazer era se despedir de sua criação — que, diga-se de passagem, permanecerá com a Konami para ela fazer o que bem entender.

O vídeo de despedida mostra Kojima conversando com muitos de seus colaboradores, que não hesitam em tecer elogios ao trabalho do game designer. A música dramática de fundo e a exaltação a Kojima deixam as coisas quase desconfortantes, tamanha glorificação. Até que o final acaba justificando tudo: a visita de Kojima à casa da família de um dedicado fã já falecido, vítima de câncer. É possível que você derrame algumas lágrimas neste momento.

Veja mais:
Leia a nossa análise de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain e assista ao Shuffle

Em sua crítica de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain para o Overloadr, Heitor de Paola diz que a série chega a seu desfecho “em seu ápice, impactante e possivelmente mais relevante do que jamais foi.”

Assista:

  • Kaio Augusto

    ” […]— que, diga-se de passagem, permanecerá com a Konami para ela fazer o que bem entender.” Também conhecido como fazer vários pachinkos.

    • Felipe de Albuquerque

      e slot machines

  • Felipe de Albuquerque

    No slot machine de Metal Gear feito pela Konami se você tirar três kojimas você perde seu dinheiro.

    • rodrigo

      ou você limpar o banheiro

  • Godammit… Ainda bem que o Rique avisou para onde o vídeo ia, porque o sentimento foi tenso

    • Daniel

      Them feels ~~

  • Carlos Eduardo Galvani Nascime

    Mais uma prova de como o público de videogames ainda é muito imaturo com o mundo dos negócios. Por meses as pessoas tem dito que a Konami quer apagar o nome do Kojima da história e blábláblá e o que vemos no final é: nunca vi num jogo o nome de um diretor/produtor aparecer tantas vezes, assim como a Konami produzir um vídeo excelente sobre o legado do Kojima na empresa. Parem de mimimi, e sejam mais maduros da próxima vez.