Após muita expectativa, Super Mario Maker sai nesta sexta-feira (11) para o Wii U. Para celebrar o lançamento, o perfil da Nintendo do Reino Unido no Twitter publicou um vídeo estrelado por Shigeru Miyamoto no qual ele revela a verdade por trás de vários mitos sobre o icônico personagem e seus jogos.

Miyamoto confirma algumas daquelas velhas histórias que ouvimos sobre a série, como a de que Mario foi batizado com o nome do dono do depósito alugado pela Nintendo of America ou que ele quebra os blocos com seus punhos, e não com sua cabeça. Outras são apenas… inesperadas, como Miyamoto dizendo que ele é “a mãe” de Bowser Jr. ou que jamais se submeteria a uma cirurgia com o Dr. Mario.

Veja também:
– Shigeru Miyamoto explica as decisões de design por trás da fase 1-1 de Super Mario Bros.
– Você pode baixar o livreto de Super Mario Maker que contém ideias de como criar fases

Super Mario Bros. 3 (J)

Era tudo mentira, afinal…

O mais chocante é ver Miyamoto responder honestamente que Super Mario 3, na verdade, sempre foi apenas uma encenação. A teoria surgiu há alguns anos, criada por um fã anônimo na internet, apontando que, no início do jogo, Mario e Luigi interagiam com itens e inimigos em um palco, após as cortinas subirem. Durante o jogo, vemos plataformas penduradas por fios e objetos que projetam sombras ao fundo, como se estivessem em um cenário montado.

Ou seja, agora que Miyamoto confirmou que tudo não se passava de uma peça de teatro, sem nenhum risco real para nossos heróis, talvez uma parte das nossas infâncias tenha sido destruída.

Veja o vídeo: