Mesmo não sendo focado em história, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain tem alguns momentos interessantes de narrativa pré-definida, colorindo um pouco mais esse universo e os eventos que antecederam a saga de Solid Snake. Por conta disso, é curioso que um bônus encontrado na edição de colecionador de Metal Gear Solid V revele que uma cena bem importante foi cortada da versão final do jogo. Na edição em questão, é possível ver um vídeo com imagens conceituais e cutscenes inacabadas de uma missão adicional, que seria a última de todas.

Isso explica por qual motivo um evento em específico não é propriamente solucionado no título. Como se trata de algo que encerraria toda a aventura, é óbvio que o vídeo em questão contém uma série de spoilers, então é recomendado que você o assista apenas depois de terminar de vez todas as missões principais de The Phantom Pain.

– Leia nossa análise de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain
– Assista ao Shuffle de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS
SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS SPOILERS

Bem, do primeiro momento que o vimos nos trailers já não era mistério, mas a essa altura está mais do que claro que Eli é aquele que virá a ser Liquid Snake e que o garoto com poderes psíquicos que o acompanha é Psycho Mantis, antes da calvície eliminar sua bela cabeleira vermelha.

Pois bem, a última missão, de número 51, contaria de uma ilha dominada por Eli, Psycho Mantis e outras crianças, na qual eles espalharam a variante do parasite que ataca os falantes de língua inglesa. Como explicado por Code Talker, as crianças são imunes porque ainda não atingiram a puberdade, o que torna o lugar uma espécie de cenário de O Senhor das Moscas (referenciado no nome da missão).

Na posse de Sahelanthropus, Eli e os outros outros lutam contra invasores da XOF com sucesso, que querem recuperar o armamento, até a chegada de Snake. Uma nova luta contra a arma nuclear ocorre, na qual teríamos auxílio dos Diamond Dogs (provavelmente da mesma forma que na primeira luta contra Sahelanthropus). Depois do confronto, uma cena final mostra os fatos que determinariam os desejos de vingança e da vontade desmedida de Liquid Snake em superar Big Boss. Trata-se de um detalhe bem legal, e um que faz com que compreendamos os atos de Liquid no primeiro Metal Gear Solid um pouco mais. Uma pena que isso tenha ficado de fora do produto final.

Enfim, aqueles que quiserem ver o bônus na íntegra, o vídeo se encontra abaixo.