A Nintendo realizou uma conferência para jornalistas e investidores em Tóquio, nesta quinta-feira (29) para anunciar seu primeiro aplicativo exclusivo para smartphones: Miitomo. Trata-se mais de um app de comunicação do que um jogo de fato, no qual os usuários utilizam seus miis como avatares. O app, que será gratuito, com certos conteúdos pagos, será lançado em março de 2016.

Miitomo será o primeiro de cinco apps da Nintendo prometidos para smartphones até março de 2017. Segundo analistas, a Nintendo preferiu reservar suas principais propriedades, como Mario, para o futuro próximo, quando a companhia já estiver mais estabelecida no mercado mobile.

MiitomoMiitomoMiitomoMiitomoMiitomoMiitomo

A Nintendo anunciou mais um serviço de contas online, o Nintendo Account, que salvará na nuvem dados dos usuários entre as plataformas mobile, PC e suas próprias. Não ficou claro se o serviço será integrado ao Nintendo Network, que já é utilizado para armazenar dados online dos usuários entre as platformas da Nintendo.

Shigeru Miyamoto sugeriu a utilização de amiibos em dispositivos mobile no futuro: “Seremos muito mais agressivos usando nossas IP, e não apenas para licenciamento, como no passado”, afimou, segundo o Wall Street Journal. “O primeiro exemplo são os amiibos. Nós queremos que a IP atinja mais crianças e ‘smart devices’ são apenas um dos veículos.”

Recentemente a companhia lançou seu primeiro jogo para smartphones, Pokémon Shuffle, lançado originalmente como um experimento no modelo free-to-play em seu portátil 3DS.

  • Marcelo Hagemann

    Como eu já disse ontem pro Dougão no twitter:
    Vai ser um Tinder com Miis.

    • Rodolfo

      Principal semelhança: “Todo mundo é feio e se comporta de um jeito animadamente creepy”

  • Que bosta. Parece aquele buddy poke do finado Orkut.

  • Caio C

    Só faltou a matéria falando sobre o my nintendo e o nintendo account

  • rodrigo

    nope nope nope

  • José Cordeiro

    As primeiras vezes eu li sempre MiiMOTO e achei que era algo relacionado e um Mii do “mãe” do Baby Bowser.
    E acho que um joguinho estilo Tamagotchi em que os jogadores tivessem que cuidar dos seus “Miimotos” e ele fosse liberando joguinhos com os personagens da Nintendo à medida que ficasse mais feliz seria um TRILHÃO de vezes mais interessante que esse Miitomo.