Nesta última quinta-feira (3), o The Game Awards, evento de premiações comandado por Geoff Keighley, teve um segmento dedicado à homenagem da memória de Satoru Iwata. O então presidente da Nintendo faleceu precocemente em junho deste ano, devido a um câncer.

Após uma breve introdução feita por Keighley, Reggie Fils-Aimé, presidente de Nintendo of America, subiu no palco e fez um discurso lembrando de seu chefe e amigo. Abaixo do vídeo, colocamos uma tradução do que foi dito:

“Uma das palavras mais exageradamente utilizadas na língua inglesa é ‘único’.

Isso é que todos queremos ser em algum nível, mas poucos de nós realmente somos. Satoru Iwata era uma pessoa que, claramente, era única, no significado mais pleno da palavra.

Se você fosse criar a pessoa perfeita para liderar uma empresa de videogames, você iria querer alguém que entendesse de engenharia elétrica, que entendesse design de software e que entendesse de negócios.

Não são muitos que podem dizer ter esse background vasto, mas o sr. Iwata tinha. E ele não apenas entendia sobre todas essas áreas, como era competente em cada uma. Se vocês leram a série ‘Iwata Asks’, sabem que ele conseguia abordar os detalhes tanto de design de hardware quanto de jogos. Ninguém conseguia o perder com detalhes.

Em seu currículo, há um número que se sobressai. Nossa indústria dedicada a jogos tem agora mais de trinta anos. Nesse período, apenas cinco plataformas alcançarem vendas que excederam 100 milhões de unidades mundialmente.

Dessas cinco, o sr. Iwata esteve diretamente envolvido com três. Ele ajudou a trazer Kirby’s Dream Land e outros jogos ao Game Boy. E então, como presidente da Nintendo, ele supervisionou tanto o lançamento do Nintendo DS quanto do Wii.

Além do currículo dele, eu posso adicionar uma outra característica importante. Ele era destemido.

Vocês se lembram como reagiram quando ouviram pela primeira vez o nome ‘Wii’? Ou se lembra o que foi dito quando você aprendeu sobre Nintendogs? Ou Brain Age? Ou de um dispositivo portátil com duas telas?

Vocês podem ter ficado confusos, mas ele já sabia. Ele já havia ouvido as críticas internamente. Mas ele sempre levava em frente uma ideia na qual ele realmente acreditava. E nós todos ganhamos com isso.

Para o sr. Iwata, não era suficiente apenas repetir as palavras da missão da Nintendo, de surpreender e encantar com o inesperado. Ele vivia essas palavras. Ele era único.

Finalmente, em um nível pessoal, ele era meu chefe e ele era meu mentor. E ele era meu colega. Mas, acima de tudo isso, ele era meu amigo. E eu sou uma pessoa melhor por conta disso.

E eu acho que todos os jogadores são melhores por terem tido a visão e o talento do sr. Iwata ajudando a inspirar e moldar a paixão que todos compartilhamos.

Não importa o que esteja acontecendo em nossas vidas ou no mundo, o sr. Iwata queria que a Nintendo fosse sobre colocar sorrisos nos rostos das pessoas. A Nintendo, em seu cerne, é sobre fazer com que nos sintamos mais jovens do que somos hoje.

Sr. Iwata, eu espero que você esteja sorrindo neste momento.”

  • Daniel Moraes Huguenin

    lavando os olhos de dentro de fora

  • André Luz

    eu achei esse discurso do Reggie muito maneiro. e achei legal ter tido esse espaço nesse evento para homenagear o Sr.Iwata.

  • “Finalmente, em um nível pessoal, ele era meu chefe e ele era meu mentor.
    E ele era meu colega. Mas, acima de tudo isso, ele era meu amigo. E eu
    sou uma pessoa melhor por conta disso.”

    Putz, Reggie, acertou bem no feels. :'(