Como especulado nos últimos meses, o visor de realidade virtual da HTC Vive – aquele que conta com o apoio da Valve – será mais caro do que o Oculus Rift, que foi anunciado por US$ 600.

O Vive, por sua vez, terá o preço de US$ 799. A informação foi vazada pela manhã deste domingo (21), antes de sua confirmação no Mobile World Congress, em Barcelona. Apesar da diferença considerável de preço, o visor apoiado pela Valve virá dois controles para as mão, que respondem a movimentos, além das bases “lighthouse”, usadas para que seu movimento espacial dentro de uma sala seja reconhecido pelos diferentes softwares do aparelho. O Oculus terá controles similares, chamados de Oculus Touch, porém estes estarão disponíveis apenas posteriormente ao lançamento dos óculos de realidade virtual.

A pré-venda do HTC Vive será aberta em 29 de fevereiro e as unidades começarão a ser enviadas a consumidores no início de abril, ainda sem uma data mais específica. O pacote virá também com dois jogos, o Job Simulator e Fantastic Contraption.