Atualização: A Nintendo negou que interromperá a produção do Wii U em 2016. Um porta-voz da companhia declarou ao site japonês IT Media: “Esse não é um anúncio da nossa companhia. No próximo trimestre, e nos decorrentes, a produção [do Wii U] está programada para continuar.”

O site Nikkei, conhecido pelos seus bons furos jornalísticos no Japão, divulgou nesta terça-feira (22) que a Nintendo deve acabar com a produção do Wii U até o final de 2016, acabando assim com a curta vida de quatro anos do console.

De acordo com a publicação, alguns acessórios já pararam de ser fabricados e o hardware como um todo não irá demorar para seguir o mesmo caminho. Com isso os rumores de que a nova plataforma NX deve receber um anúncio oficial em breve aumentam.

Mais sobre a Nintendo:
De codinome NX, Nintendo anuncia novo hardware e serviço de assinatura integrado
O que significa o encerramento da distribuição da Nintendo no Brasil

Não é segredo para ninguém que as mais de 12 milhões de unidades vendidas do Wii U entram na classificação de “fracasso”, seja considerando a nova geração (PS4 com mais de 35 milhões e o Xbox One com mais de 20 milhões, sendo que ambos chegaram ao mercado um ano após o Wii U), seja comparando com seu predecessor Wii e suas mais de 100 milhões de unidades vendidas no mundo.

De qualquer forma é realmente curioso ver uma plataforma com “poucos anos de vida”, ainda mais quando pensamos que a geração passada teve cerca de 7 anos e muitos apontavam que a atual deveria durar mais que isso, chegando aos 10 anos.