Talvez o público não esteja gostando da direção sci-fi que a série está tomando. Talvez Call of Duty já não esteja mais com essa bola toda. O lance é que o vídeo de Call of Duty: Infinite Warfare é o trailer de videogame mais odiado da história no YouTube, com mais de 450 mil dislikes (aproximadamente 80% dos votos).

No comentários do YouTube, os fãs parecem não aprovar a temática sci-fi, que deixa de ser apenas sobre uma guerra futurista para se tornar uma guerra espacial, aproximando a franquia militar à séries como Halo e Star Wars.

Veja também:
– Call of Duty: Infinite Warfare chega em novembro e já tem trailer divulgado

Durante uma conferência com acionistas, quando perguntado sobre a desaprovação do público de Infinite Warfare, o CEO da Activision, Eric Hirshberg tentou dar uma perspectiva positiva sobre os fatos. Leia sua resposta:

“Primeiro de tudo, você tem que respeitar a paixão dos jogadores. Esta é uma indústria como qualquer outra e uma base de fãs como nenhuma outra. Nós amamos que nossos fãs tratam esta franquia como sua própria e possuem opiniões fortes sobre ela. Simplesmente não há muitas franquias de entretenimento na Terra que podem gerar o tipo de paixão que Call of Duty atrai… e isso é uma coisa boa.

Em segundo lugar, é claro, sabemos que há pessoas da nossa comunidade que são nostálgicos pela jogabilidade terrestre, pé no chão; é por isso que nós fizemos Modern Warfare Remastered. Mas também temos milhões de pessoas na nossa comunidade que querem ter novas experiências inovadoras a cada ano e Infinite Warfare vai entregar isso.

A boa notícia é neste anos encontramos uma maneira de entregar ambos em um único pacote, mantendo nossa comunidade unida. Enquanto, é claro, vemos as opiniões apaixonadas on-line, nós também olhamos para outras medições e o fato é — por enquanto — que as pré-vendas já tiveram um começo muito forte. As visualizações do trailer de revelação… estão crescendo, de fato, e o número de likes por visualização são os maiores que já vimos.

Nós já vimos isso na franquia antes. O trailer de revelação de Black Ops 2, que levou a franquia para o futuro pela primeira vez, foi o que acumulou mais dislikes que qualquer outro que tínhamos feito, naquele momento. E ele acabou se tornando nosso jogo mais bem sucedido.

Agora, a franquia nunca foi tão forte. Nós temos mais pessoas jogando Black Ops 3, um jogo que se passa no futuro, com boost jumps e armas fictícias, que qualquer outro jogo da nossa história.

O que sabemos com certeza é que se apenas fizéssemos o que havíamos feito no passado, sem nunca assumir riscos criativos, não teríamos uma franquia. O dia para se preocupar será o dia em que pararmos de tentar coisas novas.”

Veja o trailer abaixo: