A Ubisoft anunciou oficialmente Watch Dogs 2 e, com isso, divulgou seus primeiros trailers. O principal tem uma linguagem de videoclipe e dá uma ideia das coisas que poderemos fazer durante o jogo, mesclando sequências em CG e animações in-game.

O vídeo se foca na relação entre pessoas e tecnologia no contexto urbano de São Francisco, onde o novo jogo se passa. Grupos hackers, startups, manifestações e outros temas contemporâneos parecem ser explorados no jogo.

Já este segundo trailer, que parece mais um clipe do Major Lazer, apresenta o protagonista Marcus Holloway, um hacker brilhante que foi vítima do sistema opressor ctOS 2.0, cujo algorítimo de previsão de crimes fez de sua vida um inferno. Como parte da DedSec, ele quer derrubar as companhias responsáveis pelo controle informacional que toma conta de São Francisco.

A Ubisoft parece ter ouvido as críticas e diz que o novo mapa é aberto desde o início e toda atividade e evento que você encontra contribui para seu progresso no jogo. Ou seja, a estrutura padrão emprestada de Assassin’s Creed parece não ter mais lugar aqui. “Em vez de destravar torres, você encontrará histórias e recompensas conforme você explora e interage com o mundo”, descreve em seu website.

Haverá modalidades online. O jogo será uma experiência conectada, mas não exigirá conexão constante com a internet para jogar. “Pegamos tudo do original que você gostava e expandimos”, diz o anúncio. Além de partidas competitivas melhoradas, a companhia promete um modo cooperativo.

Watch Dogs chega em 15 de novembro para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Watch Dogs 2Watch Dogs 2Watch Dogs 2