Nos próximos dias, veremos diversas demonstrações de jogos nas coletivas que antecedem a E3 2016, assim como vídeos evidenciando trechos específicos de títulos nos quais colocaremos as mãos apenas futuramente. E, como todos sabem, todo material que aparecerá nesses momentos não é final, podendo existir em um estado que não bate com aquele que ele terá quando for lançado.

Isso não é novidade, mas como estamos novamente no turbilhão das coletivas que abrem a E3, vale lembrar que não podemos acreditar em tudo que veremos nos próximos dias. Não quero dizer com isso algo de tom conspiratório, significando que as empresas estão ativamente mentindo para os consumidores. O que ocorre é que, normalmente, o que é demonstrado é aquilo que os estúdios desejam alcançar, mas não aquilo que eles necessariamente alcançarão ao fim do projeto.

Para deixar isso bem fresco na mente, assista o vídeo abaixo. Ele foi criado pelo usuário do Youtube CrowbCat e faz comparações, especificamente, dos downgrades que os jogos da Ubisoft sofreram entre suas primeiras aparições e suas chegadas às lojas. Os títulos analisados são Watch_Dogs, The Division, Rainbow Six Siege, Far Cry 4 e Far Cry 3.

  • Paulo Vianna

    até que no far cry 3 o vilão ficou melhor na versão retail do q na versão da E3.

  • Anderson Fernandes

    não podemos confiar na ubisoft, vendo as imagens do dishonored 2, eu acredito que seja aquilo pois esta bem parecido com o anterior