Um dos efeitos mais curiosos do fenômeno Pokémon Go é a formação de multidões em parques. Mas quando um pokémon raro surge próximo a esses locais públicos, onde há grandes concentrações de jogadores, o público vai à loucura.

No dia 14 de julho uma pessoa registrou o momento em que um Vaporeon apareceu no Central Park, em Nova York, às 23h. Além da debandada de pessoas, que correram em direção ao local onde a criatura supostamente estava, vemos no vídeo um rapaz que simplesmente abandona seu carro ligado na rua e dispara em direção ao tumulto.

Em outra ocasião, no Downtown Park, em Bellevue, em Washington, fãs de Pokémon saíram em disparada quando um Squirte apareceu em uma área do parque. No exato momento da filmagem, vemos um rapaz sendo derrubado no chão.

Debandadas têm sido comuns, com o surgimento de pokémons raros em locais densamente populosos. Em Des Moines, no estado norte-americano de Iowa, um enorme grupo de pessoas marchou em direção a um Snorlax.

Outro registro, feito no dia 10 de julho, poucos dias após o lançamento do jogo nos EUA, mostra centenas de pessoas reunidas à frente de uma biblioteca, no estado de Utah. Embora ali a situação pareça bem tranquila, é fácil imaginar a multidão correndo desenfreada, quando um pokémon raro surge inesperadamente.

O mais curioso é pensar que o trailer original, divulgado pela The Pokémon Company em 2015, durante o anúncio do jogo, já previa esse tipo de comportamento em massa, simulando a aparição de um Mewtwo em plena Times Square (Jesus Cristo, isso não parece uma boa ideia).

Em Sydney, na Austrália, no bairro de Rhodes, uma multidão de mais de 300 pessoas, que estava acampada em uma área residencial estratégica, entre dois Pokéspots (onde os jogadores podem ter acesso a itens essenciais ao jogo), foi dispersada com jatos d’água pela polícia, após receber reclamações dos moradores da região.

Ainda não sabemos quando veremos multidões correndo por parques e ruas do Brasil em busca de pokémons, dado que o jogo ainda não tem previsão de lançamento por aqui.

Veja também:
Por que tantos locais inusitados estão virando ginásios em Pokémon Go?