Na última quarta-feira (3) Pokémon Go, finalmente, chegou ao Brasil. No entanto, algo que rapidamente muitos jogadores notaram é que diversos ginásios estão dominados por pessoas com pokémon extremamente poderosos. Tanto o nível dos treinadores quanto o CP de seus monstros de bolso estão acima do que seira possível ser conquistado poucas horas após o lançamento do jogo.

Isso é bem chato porque cria uma barreira intransponível para quem esperou para poder jogar. Ainda é possível vagar por aí em busca de novos pokémon e reabastecer os itens em pokeStops. Mas os combates de ginásios, que representam uma das principais mecânicas do título, acabam sendo inacessíveis pelo futuro próximo, já que a força dos treinadores que os dominam faz com que a luta seja perdida em questão de segundos.

Pokémon Go

Pokémon Go

É claro que pode haver exceções (como alguém que passou uma temporada nos EUA, voltou ao Brasil e dominou um ginásio, por exemplo), mas boa parte das pessoas que viraram mestres desses lugares usaram de artífices, como alterar sua geolocalização, para terem pokémon fortes antes da hora. E isso estraga a diversão da maioria.

Felizmente, apesar da pouco comunicação e do suporte fraco da Niantic, a empresa parece estar tomando medidas contra aqueles que roubaram em Pokémon Go. Porém, para isso funcionar é preciso que jogadores se manifestem sobre aquilo que identificam como irregular. Na página de suporte da empresa é possível informar sobre os treinadores que aparentemente trapacearam, sendo também necessário adicionar o nome de usuário em questão e, de preferência, colocar uma foto do ginásio que tornou-se uma fortaleza.

Mesmo que os banimentos dados pela Niantic sejam apenas temporários, pelo tempo que tais treinadores estiverem ausentes os ginásios estarão livres, permitindo que aqueles que estão jogando legitimamente possam competir pela localidade de maneira justa.

Pokémon Go demorou cerca de um mês para aparecer em nossas terras e o ânimo em torno do jogo de realidade aumentada não deu sinais de ter diminuído. A reação dos brasileiros ao lançamento foi divertida e inusitada.