Quando Broken Reality surgiu, ninguém sabia ao certo do que ele se tratava. Sua página no Tumblr era uma dentre tantas que exploravam a estética vaporwave, com com sua típica fascinação nostálgica pela cultura analógica e digital dos anos 80 e 90. Recentemente, a equipe de desenvolvimento por trás dele anunciou uma campanha de financiamento coletivo no Kickstarter, na qual podemos finalmente saber mais do que há por trás de suas screenshots e GIFs lisérgicos.

Broken Reality é descrito como um “jogo de aventura em primeira pessoa sobre nossas vidas na internet ambientado em um mundo psicodélico”. É como se páginas de internet e salas de chat tomassem vida na forma de ambientes digitais interconectados, nos quais os jogadores interagem com avatares e realizam diferentes atividades, incluindo cortar banners de propagandas com katanas, comprar jogos de Dreams Castle (incluindo Chronic Adventures 2) na All Ur Games R Belong To Us e literalmente surfar na web sobre uma prancha virtual, texturizada com janelas de Windows 95.

Se alienígenas chapados tentassem interpretar o mundo humano a partir do Geocities, o início das redes sociais, nossas caixas de spams e fóruns obscuros de videogames, eles provavelmente chegariam a algo similar a Broken Reality.

Veja também:
– A fascinante jornada queer e vaporwave de SEAQUEST1992
– Crap! No One Loves Me não é apenas um incrível bobsled vaporwave de caixões
– Este vídeo em 360° é como entrar no Tumblr em “noclip mode”

A equipe de Broken Reality busca arrecadar R$ 35 mil para completar seu desenvolvimento. Até o momento, faltando 16 dias para o término da campanha no Kickstarter, foi arrecadado US$ 6 mil.

Broken Reality está previsto para dezembro de 2017. Uma demo está prometida até o final do ano.

Broken RealityBroken RealityBroken RealityBroken RealityBroken RealityBroken RealityBroken RealityBroken Reality
  • Bruno Leao

    Nossa muito rulez, só faltou o chat de imagens eróticas do UOL.

  • Só faltou o jogo ser desenvolvido para Realidade Virtual.