Depois de Tormenta virar um jogo digital em 2015, é a vez de Holy Avenger, série de quadrinhos baseada no cenário de RPG brasileiro, receber sua adaptação para os videogames.

Embora a equipe de desenvolvimento do jogo de Holy Avenger, a paulistana Messier, não tenha nenhuma relação com a de Tormenta: O Desafio dos Deuses, criado pela Universidade Feevale, eles optaram em repetir a dose de pancadaria do jogo original, mantendo o estilo beat ‘em up.

O jogo, cuja versão alpha está sendo apresentada na BGS 2016, em São Paulo, está no Steam Greenlight, onde a Messier busca votos para que ele seja aprovado para venda no Steam.

A descrição no Steam Greenlight diz que Holy Avenger comportará até 4 jogadores simultâneos localmente, mas também indica que, se jogado sozinho, o jogador poderá alternar o controle entre dois personagens diferentes.

Tormenta: O Desafio dos Deuses não foi muito bem recebido, devido suas mecânicas simplórias e problemas técnicos. Apesar de Holy Avenger já parecer visualmente bonito no estado atual, a equipe da Messier parece ter um longo caminho pela frente em seu desenvolvimento.

Veja abaixo nosso Shuffle de Tormenta: O Desafio dos Deuses:

  • Bruno Araujo

    As animações estão sofridas, até a das plantinhas caindo

  • Guilherme Gondin

    Me lembrou MMORPG’s coreanos cópias de WoW.

  • Vitor Alcântara

    Imagina que louco se fosse um jogo de RPG!
    Não, pera…