Em seus 25 anos, Sonic passou por tantas atribulações e recebeu tantos jogos medíocres que passamos a ver com naturalidade toda a gama de criações debochadas, irônicas ou apenas bizarras nas quais o personagem é representado na internet. Embora isso tenha seu valor (um que tem sido oficialmente reconhecido), a Sega quer nos lembrar também que, apesar de seus altos e baixos, Sonic ainda é um ícone pop.

Em parceria com a Washington Green, uma das maiores instituições de arte do Reino Unido, a Sega preparou uma exposição que rodará as 34 galerias da Castle Fine Art, espalhadas pela Inglaterra e Escócia, a partir do dia 2 de dezembro. São 25 obras criadas por oito diferentes artistas aclamados, que retratam o herói em seus próprios estilos pessoais. São esculturas com peças metálicas, pinturas à óleo, peças que misturam alumínio e neon e gravuras — uma delas está a venda por 40 mil libras esterlinas (aproximadamente R$ 170 mil).

Dentre as imagens de divulgação, estão um painel em 3D metálico, e duas pinturas à óleo, uma de Sonic e outra de seu rival Shadow, introduzido em Sonic Adventure:

original-2

original

sonic

O jornalista David Scammell publicou no site Videogamer fotografias de algumas outras obras, tal qual seus preços para compra — incluindo as peças com neon do artista Louis Sidoli:

11f1e041-8cca-4861-9ff8-a6e04d27c57a_new_img_6267

5a3e8b09-ba2a-49ca-bc67-2e02f6f7a6fe_new_img_6280

6a39794c-be33-4e42-9a3e-f45e61109954_new_img_6274

No Twitter, jornalistas que participaram da abertura da exposição também compartilharam imagens das obras expostas: