Durante sua conferência para a imprensa japonesa, na madrugada desta sexta-feira, a Nintendo revelou mais detalhes do Joy-Con, o controle do Nintendo Switch.

Como já era sabido, há diferentes maneiras de jogar o Nintendo Switch: cada Joy-Con pode ser usado independentemente em cada mão, ou juntos como um único controle quando acoplados ao Joy-Con grip. Eles também podem ser acoplados ao console, tornando-o portátil, ou compartilhados entre amigos para experiências multiplayer.

nintendo-switch-joy-con

Cada Joy-Con vem equipado com acelerômetro e giroscópio, usados em jogos baseados na realização de movimentos físicos. Tal como os controles do Wii, é possível prender alças de cada Joy-Con nos punhos, para evitar que eles sejam acidentalmente arremessados, durante a realização de movimentos bruscos com os braços.

Além dos botões frontais e direcional analógico (que pode ser pressionado como um botão individual), eles também trazem botões L e R na mesma face onde são acoplados ao grip ou ao console. Ou seja, quando estão sendo usados individualmente, as funções L e R são preservadas com estes botões. Já quando eles estão sendo usados em conjunto como um único controle, o botão traseiro presente em cada um deles é que ganham a funcionalidade do L e do R.

Outra novidade trazida pelo controle é o que a Nintendo chama de HD Rumble, que reproduz sensações a partir da vibração. Segundo a Nintendo, “o efeito é tão detalhado que o jogador poderia sentir, por exemplo, a sensação de cubos de gelo colidindo individualmente dentro de um copo ao chacoalhar um Joy-Con”.

Nem todas as funções estão presentes em ambos Joy-Con. O lado esquerdo é o único a trazer, por exemplo, um botão de captura de screenshots que podem ser compartilhadas instantaneamente nas redes sociais, bem como o botão Share do PlayStation. Futuramente, vídeos também poderão ser gravados e compartilhados com esta função.

Já o Joy-Con direito possui leitor de NFC, para interações com amiibos, e um sensor infravermelho que pode detectar a distância, formato e movimento de objetos ou da mão do jogador, bem como estes registros de patentes feitos pela Nintendo indicavam. O controle é capaz de identificar a distância da mão do jogador em relação ao controle ou se ele está fazendo formas de papel, pedra ou tesoura.

Além do Joy-Con na cor cinza, mostrado originalmente, a Nintendo os disponibilizará também nas cores azul e vermelho. Um par de Joy-Cons adicionais custarão US$ 79,99. Já o grip, usado para anexar as duas partes, custará US$ 29,99. Estes itens já vêm inclusos com o Nintendo Switch, que será vendido a US$ 299. Contudo, Joy-Con também podem ser adquiridos separadamente, por US$ 49,99 cada.

Veja também:
Nintendo Switch: Joy-Cons adicionais custarão US$ 80, uma base extra US$ 90
Arms e 1-2 Switch são jogos do Nintendo Switch focados em controles de movimento
– Nintendo Switch: veja os jogos que foram anunciados para o novo aparelho da Nintendo
– Nintendo Switch chega às lojas no dia 3 de março por US$ 299, terá serviços online pagos

  • rodrigo

    me parecem individualmente… tão pequenos… essas imagens então.. parece que sozinhos foram pensados para crianças … e devem dar umas boas dores.. tal qual do nes…