Em um certo aspecto, Floigan Bros. estava à frente do seu tempo. Enquanto hoje em dia é comum que títulos cheguem ao mercado já com planos detalhados sobre o lançamento de conteúdo adicional posterior, isso não era comum em 2001, quando o trabalho da Visual Concepts apareceu no Dreamcast.

Floigan Bros, uma espécie de jogo de plataforma com puzzles, receberia DLCs no decorrer dos doze meses subsequentes ao seu lançamento, com conteúdos que iam de roupas adicionais para os irmãos protagonistas a minigames inéditos. O conteúdo era baixado pela internet e salvo no VMU, o cartão de memória do Dreamcast que ficava acoplado nos controles do console, como um save.

De acordo com o Dreamcast Live, até então o único DLC que havia sobrevivido ao tempo, ficando arquivado online, era o “chapéu tricotado”, o conteúdo de janeiro. Acontece que o título era também um dos primeiros casos de “extras já no disco”, o que significa que o arquivo que era baixado dos servidores era apenas usado para destravar algo que estava na mídia física.

“Apenas”, aqui, é um eufemismo, porque as proteções existentes resultaram nos próprios desenvolvedores de Floigan Bros. oferecendo ajuda para quebrarem essas barreiras em seu próprio trabalho. Junto de algumas pessoas do Dreamcast Live, esse save foi manipulado, tornando possível acessar todo os outros onze meses de bônus que o jogo receberia.

O curioso é que alguns desses DLCs nunca viram a luz do dia. Floigan Bros. chegou às prateleiras em julho de 2001 e o Dreamcast já havia sido descontinuado em março daquele ano, então ele basicamente havia feito sua estreia em um console já morto. Agora, 16 anos depois de seu lançamento, jogadores podem pela primeira vez ver algumas das adições que estavam planejadas para o jogo.

Algo curioso é que originalmente só se conseguia ter um dos conteúdos salvos em seu VMU, sendo preciso apagar o do mês anterior para se adicionar o novo. Agora, todos os DLCs podem ser ativados de uma só vez.

Isso é bem valioso não só pela curiosidade de vermos algo que nunca foi propriamente disponibilizado, mas também pela questão da preservação histórica dos videogames – especialmente diante do fato de que havia ideias aqui que viriam a se tornar norma não muitos anos depois.

Se você possui um Dreamcast e quer ver os DLCs por conta própria, os arquivos estão todos disponíveis no Dreamcast Live. Para aqueles que não têm um adaptador de SD para o console, no entanto, o The Iso Zone disponibilizou uma versão de Floigan Bros. que já conta com o arquivo de save com todos os extras. Ele pode ser encontrado aqui.