Em seu lançamento, uma das surpresas que acompanhou Persona 5 foram as restrições impostas pela Atlus relacionadas streams. Especificamente, a empresa avisava que transmissões do jogo deveriam ser limitadas e que não recomendava que mostrassem eventos que ocorrem além do dia 7/7 (data dentro da aventura e não o nosso sete de julho). Aqueles que quisessem se aventurar para além desse limite o deveriam fazer por sua própria conta, correndo o risco de terem suas contas do Youtube/Twitch e afins temporariamente suspensas ou banidas.

O ato foi visto por muitos como retrógrado dada a maneira como videogames são consumidos em 2017. A justificativa da Atlus era a de que Persona 5 é muito baseado em sua história e que evidenciá-la eliminaria a necessidade de outros terem a experiência por conta própria. O argumento faz sentido, mas perde força quando lembramos que o título havia sido disponibilizado meses antes no Japão. Qualquer um que quisesse saber os pormenores da narrativa e se entupir de spoilers teria ampla oportunidade de já ter feito isso.

Agora, nesta quarta-feira (26), cerca de três semanas após seu lançamento, a Atlus divulgou um novo comunicado relacionado a essas restrições. Ela agora está aumentando o tempo de jogo que pode ser mostrado sem risco na internet, porém não está eliminando as barreiras completamente.

A partir de agora é seguro fazer transmissões até o dia 19/11 (novamente, data dentro do jogo e não o nosso dia 19 de novembro), momento que antecede o arco final da aventura. Isso aumenta consideravelmente o tempo que Let’s Plays e similares podem ser feitos já que, em minha experiência, chegar nesse ponto demorou entre 70 e 80 horas. Ainda assim, aqueles que gostariam de jogar ao vivo ao lado de sua comunidade ou amigos ainda se verão impedidos, tendo eventualmente de pararem quando chegarem nesse ponto ou arriscarem a saúde de seus canais.

Na nota, há também um pedido de desculpas pelo tom do primeiro comunicado, que fazia o pedido com um certo tom de ameaça. “Nunca foi nossa intenção ameaçar pessoas com avisos de copyright, mas nós claramente escolhemos o tom errado sobre como informar isso,” diz a mensagem.

Persona 5 está disponível para PlayStation 3 e PlayStation 4. Para saber mais sobre o jogo, leia nosso artigo sobre os temas abordados pelo título, ou assista abaixo nosso Shuffle do mesmo:

  • Fabumba!

    E a captura de imagem?
    Isso eu sinto super falta!

    • Heitor De Paola

      Aparentemente nada muda em relação a isso, infelizmente.