Seaman, do Dreamcast, é tido como um dos jogos mais bizarros já criados. Nele devemos cuidar de um anfíbio com rosto humano, fazendo a manutenção do aquário em que ele vive, alimentando-o e respondendo perguntas com sua própria voz — algumas bastante pessoais. O fascínio está na comunicação entre a criatura (dublada por ninguém menos que Leonard Nimoy) e o jogador, e nos comentários muitas vezes sarcásticos que ela faz sobre sua vida, identidade e intimidade.

Agora, quase 20 anos após seu lançamento original, em 1999, seu criador, Yoot Saito, publicou uma foto no Twitter que confirma o desenvolvimento de um novo Seaman.

“Aparentemente, um novo projeto está sendo iniciado”, diz Saito em um tweet contendo uma foto de uma equipe vestindo uma camiseta com o logotipo de Seaman, a frase “Don’t Panic!”, usada como slogan do jogo original, e o website seaman.ia, onde o mesmo logotipo pode ser visto. O título em japonês diz: “Laboratório Seaman de Inteligência Artificial”. Por ora, não há detalhes sobre o novo jogo.

O interesse em uma nova versão de Seaman parece ter ganhado força nos últimos anos. Em 2015, Fork Parker, CEO da publisher Devolver Digital, demonstrou interesse em desenvolver uma nova versão do título, chegando a solicitar a licença da propriedade intelectual à Sega e ao próprio Yoot Saito no Twitter, a que ele respondeu “Oi. Para smartphone?”

Já em março deste ano, Yoot Saito deu uma palestra na GDC 2017, em San Francisco, sobre o desenvolvimento de Seaman.

Yoot Saito é conhecido por suas criações peculiares. Além de Seaman, o desenvolvedor veterano criou Sim Tower, Odama, uma mistura de pinball e jogo de estratégia, e Aeroporter, um puzzle sobre organizar bagagens em esteiras de aeroportos.

  • Paulo Henrique

    Hm… ok.