A Sony parece ter seguido a linha da Microsoft e da Bethesda e apostado em trailers. Só trailers.

Em sua conferência na E3 2017 não vimos ninguém no palco além de Shawn Layden, presidente da Sony Interactive Entertainment America. Ok, alguns músicos introduziram Uncharted: The Lost Legacy, e só. Foi uma apresentação fria e com poucas surpresas, uma compilação de vídeos.

God of War reapareceu com mais ação e humanidade

Pudemos ver mais do novo God of War em ação, desta vez com mais segmentos de combate do que quando descobrimos sua existência, na E3 de 2016.

Ao lutar contra adversários diversos, Kratos empunhava primariamente seu machado, sua nova arma principal, e era ocasionalmente auxiliado por seu filho. O garoto montava nos ombros de certos monstros, aparentemente com isso afetando os movimentos dele. De vez em quando, como tínhamos visto, ele dispara flechas mágicas poderosas, derrotando oponentes.

Os trechos de história da nova apresentação reforçaram mais uma vez o antagonismo que há entre o Kratos e seu filho. O menino, em certo ponto, questiona o afeto de seu pai, afirmando que a falta de amor se deve ao fato dele não ser tão forte quanto o ex-deus da guerra. Existem também outras figuras humanas que farão parte da história, que compreendem os problemas de relacionamento que existem entre o pai e filho.

God of War está previsto para o começo de 2018.

 

Spider Man está parecendo um filme interativo (e repleto de quick time events)

O amigo da vizinhança parece ter aprendido bastante com o Batman. O jogo do Homem-aranha, em desenvolvimento pela Insomniac, mostrou ter diversas ideias similares às vistas nos títulos da Rocksteady do homem-morcego.

No primeiro momento da apresentação, por exemplo o aracnídeo permanecia nas alturas, escondido de oponentes enquanto os eliminava um a um sem que os outros percebessem nada. Isso era feito de maneiras diversas, como puxando-os com teias ou ativando armadilhas do cenário. Homem-aranha parece também empunhar diferentes tecnologias. Um dos itens mostrados funcionava como um explosivo de proximidade que, quando tinha um oponente perto o suficiente, disparava uma teia que o puxava fortemente.

A outra similaridade apareceu nos combates corpo a corpo. A luta parecia seguir um ritmo bem específico, envolvendo desvios que deviam ser executados no momento correto e golpes que podiam ser encadeados de inimigo em inimigo. Além disso, similar a Sleeping Dogs, existiam pontos do cenário com os quais ele podia interagir, que levavam a inimigos sendo derrotados imediatamente.

Após um confronto contra um vilão maior que demandava diferentes táticas, a demonstração seguiu por uma perseguição, em que Homem-Aranha ia atrás de um helicóptero. Esse momento serviu bem para mostrar a vastidão da cidade e como podemos nos locomover livremente por ela, não muito diferente do que já ocorreu em outros jogos do aracnídeo.

O que chamou a atenção nesse momento, no entanto, foi a quantidade de quick-time events. As cenas eram lindas e bem dirigidas, mas a ação era constantemente interrompida por um comando que aparecia na tela que precisava ser executado. Por toda a parte final da demo, esses comandos foram frequentes.

Shadow of the Colossus ganhará um remake

Confirmando rumores, o clássico da Team Ico receberá um remake fiel ao original. Quem está trabalhando no título é a Bluepoint Games, responsável por diversos ports e remasterizações, incluindo a do próprio Shadow of the Colossus para PS3. Está previsto para o começo de 2018.

Monster Hunter World marca o retorno da série ao PlayStation

A série que nasceu no PlayStation 2 e se popularizou no PSP e no 3DS ganhará uma nova versão para PS4, Xbox One e PC em 2018. Ao que tudo indica, ela carrega as melhorias apresentadas em versões anteriores, mas expande a jogabilidade com novos movimentos e criaturas.

A Sony não abandonou o PS VR

The Inpatient, dos criadores de Until Dawn, é um dos jogos exclusivos do dispositivo de realidade virtual do PlayStation apresentado na conferência. Outros jogos para PlayStation VR apresentados foram Moss, no qual você ajuda um ratinho a superar obstáculos e dar continuidade a sua aventura, o shooter nenhum pouco impressionante Bravo Team, StarChild, que parece ser um título de plataforma 2D com visuais em 3D, The Elder Scrolls V: Skyrim VR, que é exatamente o que o nome sugere e o jogo de pescaria Monster of the Deep: Final Fantasy XV, baseado no minigame de pesca do RPG da Square Enix.

Veja mais trailers de outros jogos de apareceram na conferência da Sony:

Horizon: Zero Dawn – The Frozen Wilds, um DLC previsto para o final do ano.

Uncharted: The Lost Legacy, um episódio inédito e standalone, previsto para 22 de agosto.

Days Gone, exclusivo de PS4, previsto para o final de 2017.

 

Detroit: Become Human, que ainda não tem uma previsão de lançamento.

  • Paulo Pinheiro

    Achei a conferência da Sony bem mais branda esse ano. Normalmente ela mostra alguma coisa que dá certo arrependimento por ter escolhido o Xbox antes do PS4.

    Dessa vez fiquei com essa sensação só durante o vídeo do Homem Aranha, que é meu herói favorito e exclusivo.

    Esperar a da Nintendo agora para zoar mais ainda a decisão do segundo console.

  • leoleonardo85

    Gente, quero uma data pra Detroit, não é pedir demais

  • Paulo Henrique

    Ainda bem que comprei PS4 e nao XBOX ONE