Dando um belo ponta-pé neste começo de ano decidimos fazer um podcast especial, uma junção, uma fusão, uma aglutinação entre o MotherChip e Bilheteria para criar o MotherTeria, um especial apenas com leituras de e-mails e elucubrações aleatórias.

Chega mais!

Assine o nosso feed ou baixe o MotherTeria – Vem 2015 Monstro! e escute no seu player predileto

Participantes:

Caio Teixeira
Heitor de Paola
Henrique Sampaio

Envie emails com perguntas e sugestões para: motherchip@overloadr.com.br ou para http://ask.fm/motherchip01

  • Odilon Junior

    Como não amar esse site.

  • leoleonardo85

    Ai sim, melhor material pra ouvir nesse época pós festas.

  • riquesampaio

    MotherThereza

    • Felipe de Albuquerque

      Eu pensei nessa piada, mas você foi mais rápido. hahahaha

  • M_Tulio

    Fuuuuuuuuusão!
    HÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

  • Pedro Silva

    <3

  • Felipe de Albuquerque

    Em algum momento o Heitor pergunta porque as águias não levaram o Frodo até a montanha da perdição. Acho que vocês esqueceram disso aqui:
    http://vignette2.wikia.nocookie.net/lotr/images/d/d2/Witch_King_on_fell_beast.png/revision/latest?cb=20120226210924

    Se as águias tentassem levar o Frodo eles seriam destroçadas pelas “montarias”(eu não sei o nome desses bichos) que o Witch King utiliza. Depois que o anel foi destruído as forças de Sauron ficaram fracas e os Nâz Gul morreram. É por isso que as águias só conseguiram entrar em Mordor depois que o Frodo joga o anel dentro do vulcão.

    • Fabiano

      Ah, de boa… as águias conseguiam matar os dragões de Morgoth, esses bichinhos do Sauron seriam fichinha

    • Heitor De Paola

      Mas esses bichos não são usados só bem depois? No começo os wraiths não usam só cavalos?

      • Fabiano

        Eles sempre tiveram as montarias aladas, acontece que quando foram buscar o Frodo eles se disfarçaram de cavaleiros pra não chamarem a atenção e pegá-lo de surpresa. É que no filme eles deram uma valorizada no visual, mas nos livros eram apenas caras de capas em cavalos pretos, então não chavam a atenção.

      • Felipe de Albuquerque

        Bom, eu acho que eles deviam estar lá “estacionados” em Mordor. Se eu não me engano no primeiro filme só aparecem os cavalos mesmo, depois (não lembro se no segundo ou no terceiro) é que aparecem essas criaturas aladas.

  • Você pode usar RGSS para programar no RPG Maker (podendo usar só esse tipo de linguagem em vez das ferramentas de switches que o software disponibiliza). Se o cara quiser começar pelo básico, como o Rique falou, seria legal aprender um pouco de Ruby e fazer essa interação de ferramentas pra criar a estrutura e programação pra lapidar o jogo.

  • Henrique Alves

    Hoje a noite vou fazer batata frita…onde conseguir um tutorial para fazer um corte rente e que deixe a batata bem crocante?

  • Power Otaku-Kun

    Poxa, acho que o artigo que o Henrique citou no podcast não existe mais. O IG apagou praticamente o Arena todo de lá. Uma pena =X

    • Heitor De Paola

      É, esse parece ser o caso. Achei que eles iam deixar os textos quietos, mas não encontro mais nada também.

      • Power Otaku-Kun

        Tudo bem que eles eram proprietários do conteúdo, mas achei uma sacanagem. Pra mim é o mesmo que apagar documentos históricos. Tinha artigos e reportagens que poderiam ser consultadas por outras pessoas no futuro. Uma pena.

  • Antonio Carlos Bleck Bento

    Uhuuul foda-se batman vs. Superman, o motherteia é o melhor ideia de crossover da atualidade o/

  • PedroPBO

    Olha, não sei se é porque faz taaaanto tempo (uma semana? :p) que não ouço o podcast ou é só uma impressão minha mesmo, mas nesse episódio vocês estavam on fire (!), todo mundo falando muito bem, com respostas longas, boas histórias e tudo bem engraçado, MotherTeria melhor cast do Overloadr confirmed.

  • Pedro Aragão

    Ótimo podcast, adorei a fusão, hahahaha!

    Agora que finalmente alcancei a edição atual dos 2 podcasts, comentarei sempre que puder, parabéns pelo trabalho!

  • Charmichael

    eu tenho the crew e to muito satisfeito po

  • Tiago Ribeiro Xavier Cordeiro

    Não achei o bolacharia.com…

  • Caio, “New York I Love You But You’re Bringing Me Down” é do LCD Soundsystem :]

  • Anderson Nunes

    Agora temos um titulo pros podcasts especiais

  • Renan M. Sampaio Motta

    unico lugar no mundo que fala bolacha.. SP ta tudo errado XD

  • Fábio Schiavelli

    Cara que vontade de jogar Zelda Ocarina of Time esse MotherTeri me deu.

  • Marcus Vinicius Lima Martins

    Qual é o link da página de curadoria do Overloadr no Steam? Já pesquisei e ele não acha.

  • Shirokasi

    Heitor falou o que ele acha sobre os jogos japoneses atuais, engraçado que pra mim é o oposto, atualmente a maioria das coisas que eu jogo ou são indies ou são japoneses, estou cada vez me afastando mais dos jogos AAA americanos.

    Pra mim cada vez mais os jogos AAA americanos estão se sustentando somente no marketing do que na própria qualidade (cofcofcof *Destiny* cofcofcofcof), enquanto que no Japão ainda vejo tentarem fazer coisas novas e interessantes, como Bayonetta ou qualquer outro jogo da Platinum.

    • Fabiano

      E também tem o porém que os japoneses entendem tanto de público ocidental quanto nós entendemos o oriental. Eles escolhem muito mal quais jogos vão ser lançados no ocidente, ou não sabem adaptar suas franquias direito. Só de pensar que Demon Souls só veio pro ocidente quase que por acaso (a versão asiática já era em inglês, teve uns entusiastas que importaram e acabaram fazendo uma campanha boca a boca), me faz pensar quantas coisas boas nunca vão sair por aqui por não acharem comercialmente viável. Por mim eles faziam kickstarter de localização, isso seria loco.

  • Marcus Vinicius

    Alguma chance de o motherchip ter feed nos iOS? Já tentei alguns apps de podcasts e nenhum sequer encontra o podcast de vcs.

  • Antonio Carlos Bleck Bento

    Pois é me lembro de ter sentido um vazio semelhante quando terminei persona 3 no ano passado,chega deu um apertozinho no coração relembrar a experiência tão incrível e imersiva que tive com esse game.
    E tenho que dizer que a resposta do Heitor pra esse e-mail foi excepcional e muito inspiradora, são momentos como esse que mostram o porque vcs são tão impactantes na vida das pessoas que acompanham seu trabalho e porque tantos vão ate vocês em busca de conselhos.
    Que 2015 seja o ano do overloadr, and keep The great work guys.

  • Grillo

    Preferia Bilhechip

  • Gabriel

    Esse é o senhor das águias:

    http://i.imgur.com/ffJRFA0.jpg

  • Felipe Pimentel

    Achei engraçado o Heitor mencionar Dark Souls 2 como um jogo japonês que não tem fan service quando esse foi um dos motivos pra eu não ter gostado dele… eu sou mega fã do primeiro Dark Souls e não gostei muito do 2 justamente por ele parecer ter sido feito à base de fan services direcionados a quem jogou o 1. Acho que ele tenta muito apelar pras coisas marcantes do DS1… tipo, Heide’s Tower of Flame lembrar Anor Londo (com um boss reciclado, inclusive), os gálgulas no sino e um beco que lembra a boss room do Capra Demon logo em seguida, a primeira parte do 2 ter o mesmo objetivo da parte final do 1 (com referências diretas aos bosses do primeiro), a área do Dragon Memories “ser” Ash Lake e por aí vai…
    Eu entendo o uso de tudo isso com relação ao lore do jogo, mas acho que é um pouco de preguiça por parte dos desenvolvedores…